21.8 C
Joaçaba
Segunda-feira, Janeiro 17, 2022
spot_img
InicioMotorVolkswagen Tarek tem registro aprovado no Brasil

Volkswagen Tarek tem registro aprovado no Brasil

Modelo está bem encaminhado para ser lançado em 2020, vindo da Argentina. A Volkswagen já confirmou que produzirá um SUV de porte compacto-médio por lá. Trata-se de um dos últimos dos 20 lançamentos prometidos pela fabricante no Brasil até 2020. Pois o modelo, conhecido na América do Sul como “projeto Tarek”, mas já apresentado na China sob outro nome, Tharu, recebeu nesta semana a concessão de registro do INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) relativa ao desenho geral da carroceria.

Vale observar que esta é apenas uma das etapas do longo processo de homologação de um veículo. O instituto ainda precisa aprovar individualmente diferentes partes do carro, como capô, grade, faróis, lanternas etc. Entretanto, os croquis exibidos pelo registro do INPI indicam que o visual será praticamente idêntico ao do Tharu chinês. Ou seja: o projeto está num estágio avançado de desenvolvimento e tem tudo para chegar ao nosso mercado daqui a dois anos, sem atrasos, dentro do planejamento original da Volkswagen.

Plataforma será MQB e a distância entre eixos, a mesma da nova geração do sedã Jetta: 2,69 metros. Nesta dimensão, o Tarek/Tharu será 4 cm mais longo que o T-Cross brasileiro e 10 cm mais curto do que Tiguan Allspace, única configuração vendida em nosso país… Ao mesmo tempo, medirá 4,45 metros de comprimento, 1,84 metro de largura e aproximadamente 1,63 metro de altura – este último índice pode mudar de acordo com escolhidos a calibração das suspensões feitas para nossa região.

Foi concebido, portanto, para bater de frente com o Jeep Compass e seus 4,42 m de comprimento, 1,82 m de largura e 1,63 m de altura. Vale lembrar que o Compass é, atualmente, o SUV mais vendido do Brasil, o que significa que o Tarek/Tharu tem margem para chegar com metas ambiciosas de vendas. Detalhes mecânicos ainda são mantidos em segredo, mas UOL Carros aposta que a Volkswagen aplicará nele o motor 1.4 turboflex de 150 cv, gerenciado por câmbio automático de seis marchas da Aisin.

Também há chances de vermos uma uma configuração 2.0 TSI acoplada a transmissão dupla-embreagem de sete velocidades, rendendo 200 cv ou mais. Outra indefinição se refere ao nome. Por mais que na Argentina a Volkswagen já tenha apontado o produto como Tarek, fontes afirmam que a cúpula da montadora ainda não bateu o martelo a respeito. Para embaralhar um pouco mais as as coisas, tanto “Tarek” quanto “Tharu” estão registrados pela empresa no INPI.

 

Rodrigo Leitão
Editor-Chefe do site
Mais publicações
- Advertisment -spot_img

Mais populares

Comentários recentes