Terça-feira, Agosto 16, 2022

Slide Slide
InicioEsportesVENDA DE ARTHUR está cada vez mais COMPLICADA

VENDA DE ARTHUR está cada vez mais COMPLICADA

Segundo jornal catalão, o Barcelona estaria indeciso se contrata um jogador ‘mais físico’ que o brasileiro. Nos bastidores do clube os dirigentes sugerem um “jogador forte como Paulinho, que toque e guarde a posição”

A imprensa da Catalunha não dá como certa a contratação de Arthur pelo Barcelona. Depois de pagar 4 milhões de euros (R$ 17 milhões) ao Grêmio pela prioridade da compra, a equipe espanhola está na dúvida se concretiza a negociação.

Segundo o Mundo Deportivo , a incerteza dos dirigentes catalães é sobre o valor de 26 milhões de euros (R$ 110 milhões) que restam para concluir o negócio ou se utilizam este montante em um meia também técnico assim como o brasileiro, mas que tenha mais poder físico.

O jornal descreve Arthur como bem formado em nível muscular, mas não é alto”, uma vez que seu 1,72 metro não seria suficiente. No clube, cartolas dizem que a procura é por um “jogador forte como Paulinho, que toque e guarde a posição”.

O Mundo Deportivo aponta ainda que a diretoria do Barcelona compara Arthur com o estilo de Xavi Hernández, que fez história pelos Blaugranas e hoje defende o Al Sadd, do Qatar. No clube, questiona-se se a equipe não deveria investir em um jogador com “mais potência física e capacidade de chegar a área impondo respeito por sua força física e jogo aéreo”.

Com este novo perfil estariam nomes como Frenkie de Jong e Van de Beek, do Ajax, e Fabián, do Betis.

O Barcelona precisa exercer a prioridade de compra e ficar com Arthur até meados de julho. Além dos 30 milhões de euros da negociação, os catalães precisam pagar 9 milhões de euros (R$ 38 milhões) aos gaúchos como variáveis.

SALTO ALTO

O Grêmio teve uma conversa para evitar soberba e salto alto diante do Goiás, na Copa do Brasil. Essa foi a revelação feita por Arthur, nesta terça-feira (23), ao falar do primeiro jogo das oitavas de final do torneio. De acordo com o volante, o papo foi proposto por Renato Gaúcho, antes do jogo com o Goiás, na noite de quarta-feira.

“A gente sabe que esses são os jogos mais difíceis, quando passam o favoritismo para um dos lados. Talvez possa entrar soberba em campo… Mas já foi falado para não termos vaidade, nem soberba e sim atenção no jogo”, disse Arthur .

Rodrigo Leitão
Editor-Chefe do site
Mais publicações

Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide Slide

Mais populares

Comentários recentes