‘Joaçaba é uma cidade segura’, reforça Juiz Criminal

Os baixos índices de criminalidade seguem fazendo com que a cidade de Joaçaba esteja entre as mais seguras para se viver, se comparada a cidades do mesmo porte na região. A informação foi novamente confirmada pelo Juiz Criminal de Joaçaba, Marcio Umberto Bragaglia. Ele ocupou a tribuna popular da Câmara em sessão de terça-feira (23), atendendo a um convite feito pelo vereador Juliano Pedrini (PL).

Bragaglia enalteceu o trabalho da Polícia Militar e Polícia Civil que, embora com número reduzido de pessoal, têm apresentado desempenho excelente, em sua opinião. Também falou sobre a sinergia existente entre todos órgãos que atuam no combate à criminalidade, o que contribui para a situação de relativa tranquilidade.

No entanto, o juiz manifestou preocupação com ocorrências relacionadas ao estupro de vulneráveis, tanto em Joaçaba como em municípios que compreendem a região de atuação da Vara Criminal, com o aumento do tráfico de entorpecentes e, com crimes de violência contra a mulher. “As mulheres que sofrem agressões precisam entender que existem relacionamentos que devem ser cessados”, disse ele ao comentar que muitas vezes, a vítima retoma a
convivência com o agressor.

Ele agradeceu a sua equipe de colaboradores frisando que tramitam atualmente na Vara 1.800 processos. Salientou a rapidez na tramitação dos mesmos, com tempo médio de decisão de 16 dias, enquanto que nas demais varas criminais do Estado, a média é de 32 dias. E, que a média estadual é de 45 dias.

Bragaglia atua na Vara Criminal de Joaçaba há 10 anos e foi recentemente indicado na Câmara para receber o Título de Cidadão Joaçabense. A homenagem, já aprovada pelo plenário, ainda não tem data marcada para ocorrer.

(Fonte Câmara de Vereadores de Joaçaba)