HUST emite boletim com zero taxa por ocupação pela covid-19

A UTI e a Ala Covid-19 continuarão em funcionamento, prestando todo o apoio e ajuda à população – Foto Divulgação

Nesta terça-feira, 23, o Hospital Universitário Santa Terezinha emitiu o boletim epidemiológico número 588 onde anunciava que a taxa de ocupação pela Covid-19 tanto para a enfermaria quanto para a UTI, havia zerado, não havendo mais nem um caso.

Conforme relata o diretor geral do hospital, professor Alciomar Marian, aproximadamente um ano e oito meses após o início da Covid-19 na região, com o hospital sendo praticamente transformado em outro hospital para atender os 4.643 atendimentos de covid-19,  com 946 internados na Ala Covid tanto em leitos de UTI quanto  na enfermaria, após 713 altas hospitalares, com uma equipe de profissionais de aproximadamente 88 funcionários entre técnicos, enfermeiros, funcionários da área operacional e de apoio, e ainda contando com mais de 30 profissionais médicos que trabalharam intensamente na Ala Covid-19,  o hospital conseguiu zerar os leitos da Ala Covid.

“Isso é motivo de alegria, de satisfação e também de muito reconhecimento e gratidão a toda essa equipe que trabalhou incansavelmente para poder amenizar e dar esperança a tantos pacientes e familiares que passaram aqui na Ala Covid”, destacou o diretor.

Foto Divulgação

Ainda de acordo com o diretor do HUST, esse resultado é reflexo da conscientização e dos cuidados que a população vem tomando ao longo da pandemia e da vacinação que trouxe a imunização para todos que tomaram a primeira e a segunda dose. No entanto, Marin alerta para que a população se mantenha vigilante e seguindo os protocolos de saúde como a utilização de máscara e o uso de álcool em gel.

O diretor do hospital ainda destacou que tanto a UTI quanto a Ala Covid-19 continuarão em funcionamento, prestando todo o apoio e ajuda à população.

“Não deixaremos de atender eventualmente necessidades específicas de Covid, essa estrutura permanece por mais um tempo até que as autoridades, tanto nacional como estadual, alterem ou mude qualquer circunstância referente a pandemia”, explicou o professor.

Durante o período da pandemia o HUST emitiu diariamente o boletim, mantendo a população informada sobre os casos de Covid-19 na região.

(Fonte Marketing e Comunicação Unoesc Joaçaba)