Câmara de Vargem entrega Moção de Aplauso a Epagri/SC pelos 30 anos de fundação

O gerente Claudenir Durlli e o extensionista Cezar Ernani Debastiane, da unidade da Epagri/SC em Vargem, receberam, em nome da Epagri/SC, a Moção de Aplauso à Epagri/SC da Câmara de Vereadores de Vargem na sessão da última quinta-feira, dia 18.  A Moção de Aplauso foi concedida Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri/SC) pelos 30 anos de fundação.

Foto Divulgação/Câmara de Vargem

A Moção 01/2021 foi sugerida e aprovada pelos nove vereadores do município: Adriana Corrêa (PL), Celso Ir Schereiber (MDB), Evandro Sérgio Correia (Podemos), João Adair Batista da Silva (PL), José Adenir da Fonseca (PL), Lindones Diames Chiochetta (PL), Luiz Fagner dos Passos (PL), Rosane Kunen (MDB) e Rubem Alves da Silva (PSB). Os vereadores agradecem e parabenizam a todos que fazem da Epagri, empresa pública, orgulho para os catarinenses, em especial, aos representes da instituição em Vargem.

Lindones Chiochetta, presidente do Poder Legislativo, destacou os cursos para o jovem empreendedorismo rural que contribui para a diminuição do êxito rural. “Antigamente, os donos das propriedades rurais vendiam suas terras, pois não tinham quem desce continuidade ao empreendimento. Agora os filhos estão ficando nas propriedades ou voltando para ela. E os cursos da Epagri/SC para os jovens estão contribuindo muito para a permanência do jovem no campo ou para a sua volta à agricultura familiar. Com o incentivo dos cursos da Epagri, os filhos dos produtores rurais estão permanecendo ou voltando da cidade ao campo”, ressalta Chiochetta, que acrescenta que a Moção de Aplauso é mais que merecida.

O presidente da Câmara também contou que conversou com o Durlli (já tem o apoio da Epagri) e que, em breve, irá falar com a prefeita Milena Lopes, sobre o retorno da Feira do Gado, do Terneiro ou da Terneira ou do Gado em geral.

SAIBA MAIS

A Epagri completa, neste sábado, dia 20 de novembro, 30 anos de bons serviços prestados à agricultura familiar catarinense. Em 1991, o Estado uniu os trabalhos de pesquisa e extensão rural e pesquisa, somando décadas de experiência em diferentes áreas e fortalecendo ainda mais o setor. De lá para cá, a Epagri se firmou junto à sociedade como uma empresa confiável e eficiente, sempre ao lado dos catarinenses.

Atualmente, está presente em todos os municípios de Santa Catarina, que podem contar com o serviço de pelo menos um extensionista rural. Dispõe de 13 unidades de pesquisa estrategicamente espalhadas pelo Estado a fim de desenvolver tecnologias aplicadas às necessidades dos agricultores de cada região. A estrutura da Empresa conta com 13 Centros de Treinamento espalhados pelo território catarinense com o objetivo de capacitar agricultores, técnicos e outros profissionais. Os Centros de Treinamento contam com alojamentos, refeitórios, auditórios, salas de aula e equipamentos necessários para desempenharem suas funções.

Para manter tamanha estrutura em funcionamento, a Epagri tem uma equipe de 1686 colaboradores, 40,4% alocados na extensão, 24,4% atuando na pesquisa, 26,6% dedicados ao apoio às duas áreas e os 7,6% em funções de gestão.

O sucesso de Santa Catarina no agronegócio é um dos reflexos do bom trabalho desenvolvido pela Epagri ao longo de seus 30 anos de história. Em 2020, em plena crise sanitária e econômica, o Estado catarinense alcançou o maior Valor de Produção Agropecuária (VPA) da história: R$ 40,9 bilhões. No ano passado, a agropecuária catarinense também bateu recorde de participação no valor de exportações do Estado: 70,2%.

Santa Catarina é hoje o maior exportador de suínos e o segundo maior de frangos do país. Somos o maior produtor de cebola, ostra, maçã e carne suína do país; o segundo maior produtor de arroz, carne de frango, palmito, pitaia e pera; o terceiro, de alho, erva-mate, maracujá e pêssego e o quarto, de uvas. Tudo isso numa área que ocupa apenas 1,13% do território nacional.

Os números comprovam o que os agricultores familiares catarinenses sabem há 30 anos: a Epagri é uma das grandes responsáveis por levar alimento de qualidade à mesa dos brasileiros, cumprindo plenamente sua missão de produzir conhecimento, tecnologia e extensão para o desenvolvimento sustentável do meio rural, em benefício da sociedade.

(Fonte Claudia Mota, Redação RD, com informações da Câmara de Vereadores de Vargem)