Coluna Pelo Estado – SC quer incentivar uso de carros elétricos

Foto: Divulgação/Celesc

O mercado de carros elétricos está em franca expansão no Brasil. Conforme números do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores), do Ministério da Infraestrutura; compilados pela ABVE (Associação Brasileira do Veículo Elétrico), as vendas de veículos eletrificados no Brasil de janeiro a outubro de 2021 chegaram a 27.097 unidades, aumento de 74% sobre os emplacamentos do mesmo período de 2020, que foi de 15.565. Só em outubro deste ano, as vendas totalizaram 2.823 veículos, ou 24% a mais do que em outubro de 2020 (2.273). Em relação a setembro de 2021 (2.749), as vendas de outubro cresceram 2,7%. Conforme a previsão da ABVE, o país passará das 30 mil unidades em 2021, batendo um novo recorde.

Diante desse quadro, o governador Carlos Moisés (sem partido) voltou da COP 26 com uma lição de casa: planejar e incentivar a eletromobilidade no estado. Numa das reuniões em que participou na Conferência do Meio Ambiente, organizada pela ONU, em Glasgow, na Escócia, Moisés acenou com a possibilidade de criar um corredor para carros deste segmento, com estrutura de abastecimento em todo o estado.

Para levar à frente o projeto, o governador participou de uma webconferência com representantes da GM (General Motors), que já manifestou interesse em implementar a política completa de fabricação desta linha de montagem. A ideia é criar um Grupo de Trabalho para desenvolver as ações. Carlos Moisés afirma que Santa Catarina tem todo o interesse em incentivar projetos comprometidos com a proteção do meio ambiente e que o Estado tem segurança jurídica para os investidores.

No caso dos carros elétricos, por meio da Celesc, SC conta com postos de recarga em uma rota que vai do Litoral ao Extremo Oeste e segue trabalhando para estruturar a rede com mais eletropostos pelo estado.

Conforme a vice-presidente da GM na América do Sul, Marina Willisch, o cenário catarinense é atrativo para parcerias que estimulem a produção de carros elétricos, que, segundo a montadora, deverá estar consolidado nos próximos 10 anos.

Foto Maurício Vieira/Secom

A chama dos Jasc

A chama dos Jasc (Jogos Abertos de Santa Catarina) voltou a ser acesa, em Brusque, nesta terça-feira (16). O ato simbólico representa o retorno dos Jogos para uma edição que promete entrar para a história, depois de um ano ausente por causa da pandemia, justamente quando chegava à sua sexagésima edição. A chama foi entregue por Eugênia Regina Schlösser Niebuhr Loss – neta de Arthur Schlösser, idealizador dos Jogos, em 1960 – ao presidente da Fesporte, Kelvin Soares. Mantendo a tradição, a tocha dos jogos sai de Brusque e fará parte do cerimonial de abertura, programada para este sábado (20), na Arena São José. O município da Grande Florianópolis recebe os jogos pela primeira vez.

Correia Pinto

Iniciaram-se nesta terça-feira (16) as vendas de passagens aéreas para os novos voos que serão operados pela Azul a partir do Aeroporto Regional da Serra Catarinense, em Correia Pinto. O voo inaugural será no dia 31 de janeiro de 2022, com pouso em Correia Pinto às 9h20min e decolagem em direção a Viracopos às 11h. Os próximos voos serão de segunda-feira a sábado, com pouso à meia-noite e vinte e decolagem do Aeroporto Regional da Serra Catarinense às 6h15min. A aeronave utilizada será uma Embraer 195 E1, com capacidade para 136 pessoas.

Caçador

Após um ano e oito meses sem receber visitas por conta da pandemia, um dos maiores e mais importantes museus entomológicos de SC reabre as portas no dia 17 de novembro com um evento para estudantes do município de Calmon. O museu, mantido pela Epagri na Estação Experimental de Caçador (EECd), ganhou um novo espaço e agora fica em uma sala própria para receber os visitantes e compartilhar conhecimento sobre mais de 10 mil exemplares de artrópodes da fauna brasileira. A reabertura faz parte das comemorações dos 30 anos da Epagri.

Passaporte

Atendendo a uma solicitação da deputada Ana Campagnolo (PSL), a Alesc promoverá uma audiência pública para debater o PL 317/2021, do deputado Felipe Estevão (PSL), que proíbe a exigência de apresentação de cartão de vacinação contra a Covid-19 para acesso a locais públicos ou privados no estado. “Nosso pedido de audiência pública, com entidades da sociedade civil, movimentos sociais organizados e órgãos públicos, é para discutir o mérito e instruir a presente proposição legislativa em trâmite”, disse a deputada, relatora da matéria na CCJ.

Vitiligo

O governador em exercício, deputado Mauro de Nadal (MDB), sancionou a lei 18.251/2021, de autoria da parlamentar, institui a Semana Estadual de Combate e Prevenção ao Vitiligo, a ser celebrada anualmente na semana que compreender o dia 25 de junho, com o objetivo de orientar sobre os primeiros sintomas da doença, a importância do tratamento precoce, o combate ao preconceito contra os portadores do vitiligo, entre outras ações.