Coluna Pelo Estado – Educação: Mais de 70% dos profissionais estão imunizados

Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom

Nesta sexta-feira, 15 de outubro, Dia do Professor, Santa Catarina pode comemorar a marca de mais de 146 mil profissionais da educação com a imunização completa contra a Covid-19, número que representa 72,9% da categoria. Os dados estão disponíveis no Vacinômetro do Estado e incluem trabalhadores das redes pública e privada, do ensino básico ao superior.

A vacinação dos profissionais da Educação em SC começou no dia 26 de maio e, conforme dados da SES (Secretaria de Estado da Educação), ao término do primeiro semestre letivo de 2021, em julho, cerca de 95% deles já tinham recebido a primeira dose do imunizante. Ao todo, integram o grupo prioritário mais de 201 mil profissionais, entre professores e trabalhadores da equipe gestora, alimentação, transporte, segurança e serviços gerais em escolas e órgãos administrativos de Educação.

O avanço da imunização dos profissionais da Educação, favorecem a retomada da aulas presenciais, algo que ainda não é 100% no Estado, apesar do baixo índice de contaminação nas escolas da rede estadual. A Secretaria de Estado da Educação (SED) faz acompanhamento diário de casos suspeitos e confirmados de Covid-19 nas escolas a partir das informações preenchidas pelos próprios gestores escolares. Desde o início do ano letivo, o percentual de contaminados esteve sempre abaixo de 1% entre os professores e 0,2% entre alunos.

A expectativa da volta completa dos alunos para as salas de aula é apenas para o próximo ano letivo. Por enquanto, a secretaria mantém o modelo híbrido e o rodízio dentro das turmas. A medida alivia em parte a pressão, uma vez que muitos pais ainda precisam se redobrar nos dias em que os filhos ainda precisam ficar em casa. O mesmo se aplica ao ensino fundamental, de responsabilidade dos município e onde em cada cidade há uma realidade diferente. No fim, o que se espera é o avanço total da imunização para que 2022 seja marcado pela retomada integral do ensino em sala de aula.

Juro zero

Entrou em tramitação na Alesc o Projeto de Lei (PL), de autoria do Poder Executivo, que amplia o limite de recursos disponibilizado pelo Badesc para os empréstimos concedidos por meio do Programa Juro Zero. Pela proposta, o teto para a concessão passará dos atuais R$ 6 milhões anuais para R$ 11 milhões ao ano. A alteração é necessária para que o Badesc dê conta do aumento de 30% na procura pelos empréstimos durante a pandemia da Covid-19. Em virtude desse aumento, o teto de R$ 6 milhões previstos para este ano já foi alcançado.

Convenções municipais do MDB

O final de semana será movimentado no MDB catarinense. Cerca de 100 cidades realizarão suas convenções municipais para escolha dos seus novos diretórios. Mais de 5 mil emedebistas devem participar dos eventos partidários junto com as lideranças da sigla, em todo o estado. “Reafirmando sua tradição democrática, o MDB promove uma das maiores mobilizações partidárias neste final de semana, quando a base faz a escolha de seus representantes. Um momento de fortalecimento e organização”, destaca o presidente, deputado federal Celso Maldaner. O MDB catarinense delegou aos municípios a oportunidade de realização das convenções ou de prorrogação de mandatos por um ano.

Sabatina

O senador Esperidião Amin (PP) fez um apelo ao presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, para que ele avoque ao Plenário a sabatina de André Mendonça, indicado a uma vaga ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo presidente Jair Bolsonaro. O requerimento apresentado por Amin, ressalta que a Constituição não exige sabatina de indicados ao STF em comissão do Senado e, por isso, ela poderia ser realizada direto no Plenário. Além disso, o regimento interno da Casa estipula que proposições sejam votadas na CCJ em 20 dias, prazo já superado, no caso de André Mendonça.

Partido Liberal

O vice-prefeito de Tubarão Caio Tokarski está oficialmente filiado ao Partido Liberal de Santa Catarina. A assinatura ocorreu em São José, na Grande Florianópolis. O ato da filiação contou com a presença de várias lideranças da região sul, como o prefeito Joares Ponticelli (PP). Caio tem o nome colocado como pré-candidato a deputado federal. O senador Jorginho Mello, presidente estadual do partido, afirma que a entrada de Caio mostra o tamanho do compromisso e da responsabilidade da sigla para com o projeto das eleições de 2022.