Judô fora do tatame: evolução pessoal só é alcançada com solidariedade

Judocas do Sesc Joaçaba abraçam os princípios de praticar o bem e se unem à campanha de arrecadação de alimentos, para transformar de forma positiva o mundo a sua volta.

Foto Divulgação/Sesc Joaçaba

Posso praticar judô fora do tatame? A resposta é: sempre!

No entanto, essa prática fora do dojô (área de treinamento) não diz respeito aos golpes e imobilizações e sim, aos princípios ensinados em aula. O mestre do judô, Jigoro Kano, acreditava que o judô não era apenas um esporte e que sua prática não terminaria no dojô, ou seja, ela deveria ser extensiva a vida diária do judoca, fazendo o bem e transformando de forma positiva o mundo a sua volta.

Uma das valiosas contribuições deixadas por Jigoro Kano à sociedade é o princípio JITA KYOEI (bem-estar e benefícios mútuos). Temos, nesse princípio o entendimento de que os benefícios e as ações tomadas devam ser pautadas na sociedade como um todo. O Jita Kyoei se resume em praticar o bem e receber o bem.

Por esta razão, abraçando todos esses ensinamentos e proclamações, os judocas do Sesc levantaram a bandeira do Jita Kyoei e fizeram parte do movimento: Campanha Alimento para Todos, que está arrecadando doações em prol de pessoas em vulnerabilidade social impactadas pela fome. Os alimentos arrecadados são distribuídos entre as instituições sociais cadastradas no Mesa Brasil Sesc em Santa Catarina, programa de segurança alimentar e apoio social, que há 18 anos atua no combate à fome e ao desperdício de alimentos.

CAMPANHA ALIMENTO PARA TODOS

Para contribuir com a cidadania e realização do Direito Humano à Alimentação Adequada, o Sistema Fecomércio SC I Sesc I Senac une forças para mobilizar uma rede se solidariedade com a Campanha Alimento para Todos.

O objetivo é arrecadar itens da cesta básica, como arroz, feijão, macarrão, leite, óleo, açúcar, farinha de trigo, farinha de mandioca e achocolatado, sempre observando o prazo de validade dos mesmos. As doações serão distribuídas entre as instituições sociais cadastradas no Mesa Brasil Sesc em Santa Catarina, pelo programa que atua no combate à fome e desperdício de alimentos.

A campanha acontece até o dia 20 de agosto de 2021 e as doações podem ser entregues nas Unidades Sesc, Senac no Estado e em alguns sindicatos filiados à Fecomércio SC.

(Fonte Sesc SC)