Sopelsa apresenta Moção de pesar pela morte de Alfredo Felipe da Luz Sobrinho

Foto Divulgação

O deputado Moacir Sopelsa (MDB) apresentou moção de pesar à família Alfredo Felipe da Luz Sobrinho que foi aprovada pelo plenário da Assembleia Legislativa.

Felipe da Luz faleceu na segunda-feira (17) de maio, em Florianópolis, deixando mulher, filhos, neto e demais familiares. Natural de Florianópolis, empresário, foi vice-presidente da Transbrasil, membro do Conselho de Administração e vice-presidente da Sadia, por mais de 40 anos.. No setor público foi Secretário da Agricultura de Santa Catarina, Secretário da Fazenda, Secretário de Planejamento e presidente da Celesc nos Governos de Luiz Henrique da Silveira e de Eduardo Pinho Moreira. Sopelsa que também foi Secretário da Agricultura de Santa Catarina mencionou a importante trabalho de Felipe da Luz certificação de Santa Catarina na Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como área livre de aftosa sem vacinação. “Foi um homem exemplar, pessoa de índole ilibada sendo referência para muitos profissionais, sempre respeitado por sua conduta de dedicação à família e ao setor agrícola, registramos que sua ausência deixa desolados seus familiares, amigos e conhecidos, nos deixando como legado seu exemplo enquanto cidadão do bem e profissional bem sucedido, além de homem de fé e alicerce da família”, disse.

Sopelsa acrescentou que Felipe da Luz “foi, sem dúvida, um pilar para o desenvolvimento do agronegócio em Santa Catarina, e está inserido como destaque na história da defesa e em prol do desenvolvimento da agropecuária catarinense e na luta e defesa pela certificação do Estado de Santa Catarina na Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como área livre de aftosa sem vacinação”. O parlamentar se solidaria com os seus familiares, a sua esposa, seus três filhos e ao neto. Reiterando que o Poder Legislativo do Estado de Santa Catarina, não poderia deixar de se associar ao seu pesar. “Manifestamos nosso profundo respeito e rogamos a Deus que traga conforto aos corações enlutados”, finaliza.