Videira também adere às lousas digitais

Assim como Tangará, município instala 70 “quadros negros modernos” que podem levar a internet a todos os alunos das escolas públicas municipais. O investimento é de R$ 1,5 milhão.

Os investimentos em tecnologia não param na educação em Videira. Desde 2017 estão sendo instaladas lousas digitais nas escolas da Rede Municipal de Ensino. Já haviam sido instaladas, até o momento 53 lousas e, nesta semana, foram mais 17 salas de aulas nas Escolas Joaquim Amarante, Paulo Penso e Gabriel Bogoni, equipadas com as lousas.

Este recurso de ponta permite uma maior interação do professor e dos alunos com atividades digitais, tornando a aula mais divertida e proporcionando maior qualidade de ensino. O planejamento da Secretaria de Educação é que até 2022 todas as salas do ensino fundamental das Escolas da Rede Municipal de Videira, estejam equipadas com este recurso. Ao todo, o investimento nestas 70 lousas digitais foi de aproximadamente R$ 1,5 milhão.

Segundo a Secretaria de Educação de Videira, as lousas são mais que apenas o uso da tecnologia, e sim o quanto esta ferramenta proporciona em termos de possibilidades de aprendizado e desenvolvimento para os estudantes.