Elenco do Flamengo é o mais caro da Libertadores

Clube carioca está avaliado em € 128,8 milhões, aproximadamente R$ 861,9 milhões. Palmeiras vem em segundo lugar, com um patrimônio de R$ 862 milhões. River Plate é o terceiro.

O Flamengo é o time mais rico em termos de plantel na Copa Libertadores de América. O clube carioca, que venceu de virada o argentino Vélez Sarsfield-ARG, em duelo realizado no Estádio José Almafitani, em Buenos Aires, na última terça-feira, por n3 a 2, pelo grupo G, chega ao o torneio mais importante do continente com o status de elenco mais valioso da competição, de acordo com levantamento publicado pelo site Transfermarkt.

Dentre os 32 participantes da fase de grupos da Libertadores, o Flamengo possui o plantel mais caro, valendo cerca de € 128,8 milhões – aproximadamente R$ 861,9 milhões. O segundo da lista sublinhada pelo site especializado em finanças esportivas é o Palmeiras, atual campeão, com valor de € 119,2 milhões (R$ 796,2 milhões) na soma de seus atletas.

E há uma curiosidade em relação ao clube rubo-negro: em 2020, ele possuiu o elenco mais caro da história da Libertadores, com valor de €151,2 milhões. Ainda assim, menos valorizado do que na temporada passada, quando caiu nas oitavas de final, o time tem os jogadores mais caros da atual.

CONFIRA O TOP-10 DAS AMÉRICAS:

1 – Flamengo (BRA) –  € 128,8 milhões

2 – Palmeiras (BRA) – € 119,2 milhões

3 – River Plate (ARG) – € 114,5 milhões

4 – Boca Juniors (ARG) – € 94,8 milhões

5 – Atlético-MG (BRA) – €  81,2 milhões

6 – Internacional (BRA) – € 71,3 milhões

7 – Vélez Sarsfield (ARG) – € 66,5 milhões

8 – São Paulo (BRA) – € 61,8 milhões

9 – Santos (BRA) – € 55,2 milhões

10 – Fluminense (BRA) – € 48,7 milhões