Covid-19 mata um  joaçabense a cada 3 dias

Somente no último sábado foram três mortes, um homem e duas mulheres que estavam internadas em hospitais da região. O total de óbitos no município chega a 42, em um ano de pandemia.

A gangorra de mortes e recuperados da Covid-19 em Joaçaba continua oscilando com números elevados. Em um ano de pandemia, o município já perdeu 40 cidadãos para o novo coronavírus. Na média, os óbitos correspondem a uma perda a cada três dias.

Somente no sábado, dia 17, três pessoas morreram de covid-19, todas moradoras de Joaçaba. Um homem de 83 anos, com comorbidades, estava internado no Hospital Universitário Santa Teresinha (Hust). Uma mulher de 68 anos, com comorbidades, estava internada em um hospital da região e outra mulher, de 76 anos, também com comorbidades, que estava internada em Chapecó.

De acordo com a Secretaria de Saúde do município, na segunda-feira, dia 19, houve mais duas mortes de pascientes de Joaçaba.

No momento, de acordo com o mais recente Boletim Epidemiológico emitido pela Secretaria de Saúde, 15 joaçabenses estão sob cuidados médicos, internados no Hust.   Outros 103 são considerados suspeitos de portarem o vírus e 459 pessoas estão sendo monitoradas. O levantamento municipal aponta que, até a noite desta segunda-feira, dia 19, 128 joaçabenses estavam com Covid-19.