Corpo de Bombeiros na tribuna da Câmara

Foto Divulgação

Atuação integrada entre Bombeiros e Samu, a meta de implantar uma sala de assepsia para equipamentos de proteção individual e a falta de uso de um caminhão destinado a ocorrências junto ao aeroporto foram alguns dos assuntos abordados pelo Tenente Coronel Marcos Alves da Silva, do comando do 11º Batalhão do Corpo de Bombeiros, com sede em Joaçaba. Ele esteve na Câmara atendendo a um convite feito pelo suplente Vilmar Zílio. Confira os principais assuntos:

Foto Divulgação

Samu: segundo ele, as dificuldades inicialmente devido a atuação conjunta entre Samu e Corpo de Bombeiros já foi superada.

Pandemia: inúmeras medidas técnicas que possam evitar o contágio pelo coronavírus entre servidores e pessoas que são atendidas foram imediatamente tomadas tão logo se iniciaram as notícias sobre a pandemia.

Abrangência: o Batalhão de Joaçaba compreende 19 municípios com uma população estimada em 147 mil pessoas. A média anual é de cinco mil atendimentos.

Base aeroporto: no momento, todo o efetivo do Corpo de Bombeiros foi transferido para a base do aeroporto de Joaçaba. No entanto, até meados de julho a base junto a Caetano Branco deve ser reativada.

Caminhão: o comandante falou sobre um caminhão que está na base do aeroporto há alguns anos. No entanto, sem uso, já que é destinado especificamente para ocorrências junto ao aeroporto, que no momento não está operando. “Ele poderia ser mais útil em outra unidade sim, em algum aeroporto de maior porte. No entanto, é preciso haver entendimento comum entre as partes envolvidas para que ocorra a transferência do veículo”, disse ele.

Apoio: Marcos Alves pediu o apoio dos vereadores para algumas ações importantes que a corporação precisa, como a aquisição de uma ambulância transformada, um desencarcerador e a implantação de um projeto inovador, que é uma sala de higienização adequada para assepsia de equipamentos de proteção individual (EPIs). O presidente Tuti reforçou sua intenção de apoiar a corporação através de medidas que á vem buscando implementar através da Câmara.

(Fonte Assessoria de Imprensa)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *