Unoesc segue com as aulas presenciais suspensas

Foto Divulgação

A Unoesc comprometida e preocupada com o bem-estar de seus acadêmicos, professores e colaboradores, em conformidade com as diretrizes do Decreto nº 525, do Governo de Estado de Santa Catarina, e por isso, em razão da Pandemia do Coronavírus, segue a suspensão das aulas presenciais de Graduação, de Pós-Graduação e da Educação Básica conforme as orientações estabelecidas pelo Ministério da Educação e demais ordenamentos do Governo do Estado de Santa Catarina. As disciplinas teóricas, conforme orientação da Unoesc, continuam sendo realizadas de modo remoto com uso das tecnologias da informação e comunicação.

“Pedimos aos professores a dedicação nesse momento, aos nossos estudantes, a paciência, o interesse, a parceria e solidariedade, para que todos nós possamos atravessar esse período e superar essa crise que se abateu no país e no mundo, conclamamos a todos os professores e acadêmicos: vamos nos ajudar e nos unir, contribuir um com os outros, e vamos atravessar isso como uma forma de aprendizado para que possamos com essa experiência aprender e  vivenciar dias melhores”, destaca o reitor, professor Aristides Cimadom.

De acordo com a Pró-reitora de Graduação da Unoesc, professora Lindamir Gadler, todas as medidas possíveis estão sendo tomadas para conter e minimizar o risco de contágio do Coronavírus, ao mesmo tempo em que a universidade vem buscando formas de atender e oferecer aos estudantes opções de aulas remotas fazendo o uso das tecnologias disponíveis.

“Esse momento exige um domínio de tecnologias diversificadas, e para isso, nós contamos com uma equipe do Núcleo de Apoio Pedagógico da instituição que está atenta para  capacitar os professores, orientá-los a melhor forma de trabalhar o conteúdo e fazer a aula”, explica a pró-reitora.

Conforme esclarece Lindamir, a orientação é de que no dia da aula agendada, o professor realize uma Webconferência e utilize outras tecnologias, acessadas através do portal de ensino da Instituição. Dessa forma a Unoesc estará realizando a virtualização da presencialidade, diferentemente do ensino a distância, pois, não há tutores e sim professores. A virtualização da presencialidade traz o professor da disciplina trabalhando o conteúdo e atividade, provendo a participação do estudante e utilizando as diversas ferramentas de interação. Ela ainda destacou que todas as orientações pedagógicas, aos diretores dos campi e coordenadores de curso, são no sentido de viabilizar da melhor forma o processo de ensino e aprendizagem. Conforme orientação e determinação do Ministério da Educação (MEC), as aulas presenciais que foram virtualizadas por meios tecnológicos, são somente da carga horária teórica, ou seja, toda a carga horária prática especificada nos projetos pedagógicos será reposta, assim que as aulas presenciais voltarem ao normal.

Segundo a pró-reitora, nesse processo todo, a virtualização da presencialidade, das aulas síncronas, onde professor e aluno estão juntos no mesmo horário, traz algumas  questões na operação de toda essa mudança, uma delas é o acompanhamento do estudante e sua participação na trilha da aprendizagem, que, de acordo com Lindamir, será observada através do processo tecnológico, a participação do estudante com relação aos acessos, mensurando o tempo de conexão, quantidade de atividades realizadas, bem como, o acompanhamento de todo o processo que o professor desenvolve com o acadêmico.

Quanto aos alunos que possuem livros para devolver na biblioteca, que se encontra fechada, seguindo as orientações do decreto 525, a Unoesc orienta que não será cobrada multa na hora da devolução e poderá fazê-la normalmente no retorno às aulas presenciais, outras questões pontuais serão tratadas caso a caso, conforme forem surgindo.

A pró-reitora também reforçou para que os acadêmicos fiquem atentos as orientações e que sentindo qualquer dificuldade procurem o professor ou coordenador de curso, para que não sejam prejudicado nesse processo.

“A Unoesc tem compromisso onde atua, com a sociedade e seus acadêmicos, e as questões que não puderem ser resolvidas nesse momento, em função dos problemas adversos que todos acompanhamos por conta dessa pandemia, serão solucionadas no retorno às atividades normais. Isso tudo vai passar, o momento é de seguir as orientações e dar continuidade ao que for possível”, finalizou a professora.