Sancionada lei que autoriza a criação do Parque Tecnológico Municipal em Luzerna

Luzerna – O prefeito Moisés Diersmann sancionou a lei nº 1.650 de 9 de abril de 2019 que autoriza o Poder Executivo a criar o Parque Tecnológico Municipal de Luzerna. O projeto passou pela aprovação da Câmara de Vereadores. O Parque Tecnológico Municipal constitui-se em um complexo institucional e físico de utilidade pública e interesse social, destinado a dotar o município de Luzerna e a região de um empreendimento para a promoção do desenvolvimento empresarial, científico e tecnológico que favoreça a criação, instalação e desenvolvimento de empresas intensivas em conhecimento, a cultura empreendedora, a inovação, a sinergia entre os participantes do Parque Tecnológico e os sistemas de ciência e tecnologia de modo a conferir competitividade, mercado e reconhecimento internacional ao conjunto.
A área inicial do parque corresponde à do Centro de Eventos São João Batista, pertencente ao município, e das entidades parceiras, podendo essas áreas serem ampliadas, desde que aprovado pelo Conselho Gestor. O Parque Tecnológico Municipal de Luzerna, quando da deliberação sobre estrutura, funcionamento, entidades parceiras, direitos e obrigações, deverá submeter-se ao Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico de Luzerna – CMDET, com a consequente aprovação do Poder Executivo Municipal.

SAIBA MAIS
Além do município de Luzerna farão parte do Parque Tecnológico instituições como Senai (cursos de qualificação, aprendizagem e técnico), IFC (Instituto Federal Catarinense – Ensino Médio técnico e de graduação), Escola de Educação Básica Padre Nóbrega (Ensino Fundamental 2 e Médio), Escola Municipal São Francisco (Ensino Fundamental 2, do 6º ao 9º ano), Parque Esportivo e Recreativo Municipal, ITL – Incubadora Tecnológica Municipal de Luzerna, Museu Frei Miguel e Museu dos Padres, Hospital São Roque e a Sede do Parque com Serviços administrativos, Coworking, auditório, salas de reuniões, oficinas, laboratórios, restaurante, FabLab, etc.
Área de Investimentos e Concessões: AI 01 – 20 mil m² Loteamento Empresarial Tecnológico; AI 02 – 2,8 mil m² construído mais terreno 10 mil m²; AI 03 – Exploração de atividades aquáticas; e AI 04 – Área urbana de apoio estudantil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *