Pato só joga contra o Corinthians depois da final

O duelo do próximo domingo, contra o Corinthians, às 16h, em Itaquera, pelo jogo de volta da final do Campeonato Paulista, será o último em que Alexandre Pato não poderá enfrentar o adversário com a camisa do São Paulo.

Nas partidas do Campeonato Brasileiro e em eventual encontro na Copa do Brasil, o atacante estará liberado para defender as cores do Tricolor contra o ex-clube.

Explica-se: na primeira passagem de Pato pelo clube, uma cláusula do contrato de empréstimo com o rival alvinegro impedia o atacante de jogar contra o Corinthians. Mais recentemente, o jogador foi contratado fora do prazo de inscrição para o Campeonato Paulista.

Pato foi ao Morumbi no último domingo, quando os rivais empataram sem gols pela primeira final. Ele se misturou aos torcedores e depois assistiu ao jogo de um dos camarotes, já que novamente não pôde entrar em campo.

Ao todo, Pato terá perdido dez Majestosos pelo São Paulo, somando as duas passagens no Morumbi.

Pato foi trocado por Jadson numa negociação feita por São Paulo e Corinthians em fevereiro de 2014. Desde então até o fim de 2015 houve oito clássicos entre os rivais. O atacante não podia entrar em campo, pois assinou por empréstimo com uma cláusula que o impedia de enfrentar o ex-time. Houve uma tentativa do Tricolor de liberar Pato e Jadson, mas o rival não aceitou.

A multa para o São Paulo escalar Pato contra o Corinthians era de R$ 5 milhões. Em 2015, o então presidente corintiano Roberto de Andrade chegou a oferecer parcelamento do valor, possibilidade prontamente descartada por Ataíde Gil Guerreiro, vice de futebol tricolor à época.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *