Rodoviária de Joaçaba passará por quatro meses de obras  de readequação

Durante quatro meses os usuários vão conviver com o trabalho de recuperação de esgosto, banheiros e rampas de acesso aos ônibus. Contrato prevê a melhoria e adaptação do terminal para a conclusão final do processo de habite-se e será feito com recursos próprios do Município

Rodrigo Leitão
jornalismo@raizersdiario.com.br

“Esta é uma obra necessária para se conseguiu o habite-se do Terminal Rodoviário. Quero lembrar que a estão vem com problemas de readequação desde sua inauguração e que agora vamos concluir a obra em definitivo”, disse o prefeito de Joaçaba, Dioclésio Ragnini, ao abrir a cerimônia de assinatura da Ordem de Serviço para a execução dos reparos e o fornecimento dos materiais e equipamentos necessários para as obras de adequações do Terminal Rodoviário Municipal de Joaçaba, nesta quarta-feira.

O custo da obra é de R$ 246.592,99 e será bancado com recursos próprios da Prefeitura. “Essa adequação era uma antiga reivindicação da população, sendo que desde quando o Terminal Rodoviário foi inaugurado surgiu a necessidade de fazer essas melhorias, que serão viabilizadas com recursos próprios do Município e dentro de quatro meses serão finalizadas e entregue a população”, disse Dioclésio.

ACESSIBILIDADE
De acordo com a empresa Strahl Engenharia Eireli ME, dependendo do clima e se houver pouca chuva, a entrega dos trabalhos pode acontecer até antes, em julho. Serão feitas melhorias nos banheiros, na drenagem das plataformas de ônibus, pavimentações, entre outras, sendo que a maioria são obras de acessibilidade do prédio e do entorno, com execução dos passeios públicos.

Segundo o secretário de Infraestrutura, Vilson Sartori, há muito a ser feito, principalmente na parte de acessibilidade. Ele disse que esteve recentemente na Rodoviária e que os usuários reclamam da falta de estrutura nas rampas e nos banheiros, além da parte de drenagem.

“Esta é uma obra que já está sinalizada há cinco anos. Falta muita coisa lá, mas vamos deixar a contento para que a Rodoviária fique condizente com o Município de Joaçaba”, disse o secretário.

Um grupo de vereadores, liderados pela presidente da Câmara Municipal, Disnéia De Marco (PP), entre eles Diego Bairros (PSD), Luiz Vastres (PSD) e Tuti (DEM), acompanhou a assinatura do contrato. Segundo Luiz Vastres, a readequação e o habite-se do Terminal Rodoviário é uma das principais queixas que a população faz na Câmara Municipal.

CARTÃO DE VISITAS
Para Diego Bairros, a conclusão definitivamente do terminal será benéfica porque a “a Rodoviária é o portão de entrada, um cartão de visitas do município. Se oferecermos um bom serviço e uma boa instalação, o viajante, o turista, vai falar bem de Joaçaba”, concluiu o vereador.

Também estiveram presentes na solenidade, o prefeito Dioclésio Ragnini e o vice-prefeito Jucelino Ferraz, além de secretários municipais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *