Vereador quer garantir participação popular nas sessões da Câmara de Herval d´Oeste

Foto Divulgação

“Esse projeto tem um único objetivo, garantir a participação da sociedade nos processos de decisão, temos que ouvir a população e não nos afastar dela, são as pessoas que sabem de seus problemas e dificuldades que enfrentam no seu bairro ou localidade”, afirma o vereador João Marqueze (PSD) sobre sugestão de emenda ao Regimento Interno da Câmara de Vereadores para abrir espaço às Associações de Moradores de Herval d´Oeste.

A emenda será apresentada nesta segunda-feira, dia 18. A sugestão é para que “na primeira sessão de cada mês, do Momento da Presidência seja reservado 15 minutos para manifestação de representante de uma Associação de Moradores do Município. De acordo com o parágrafo único da emenda, fica a cargo do presidente do Poder Legislativo determinar a sequência das Associações de Moradores do Município que ocupará o tempo reservado ou conforme a ordem de apresentação de solicitação do espaço.

JUSTIFICATIVA

As associações de moradores exercem um papel extremamente importante dentro da esfera política e social das cidades brasileiras. Além de ser uma forma de unir forças para reivindicar direitos, essas iniciativas também podem contribuir para tornar a vida em comunidade ainda mais prazerosa.

Basicamente, uma associação de moradores é uma iniciativa em que um grupo de pessoas que moram em um mesmo local se reúne para criar regras e combinar estratégias de como melhorar o bem-estar na comunidade. Existem associações de bairros ou ruas, bem como associações dos moradores de condomínios fechados. Cada uma dessas organizações apresenta características específicas.

Além de buscar melhorar a infraestrutura da região, associações de grupos de moradores também podem buscar promover a interação entre vizinhos. Como por exemplo, organizar atividades de lazer, eventos culturais ou festas para a comunidade. Essas iniciativas são importantes porque estimulam a convivência entre a vizinhança, além de incentivar o consumo do comércio da região.

As associações de moradores, por desempenhar um papel social de extrema importância, tem o direito de ser ouvida, de reivindicar seus direitos. São representantes dos moradores dos bairros, igualmente como o vereador representa a população do município.

Esse projeto visa garantir de fato a participação popular nas sessões da Câmara, pois hoje o legislativo não dispõe de obrigatoriedade mensal em ceder espaço as associações, e fica ao bel prazer do presidente em conceder ou não espaço para a participação dessas entidades.

Desta forma, vamos garantir mensalmente que as associações venham falar sobre suas necessidades, anseios, reclamações e sugestões, para que sua vida em comunidade seja melhorada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *