ENTREVISTA CUCA, NOVO TÉCNICO DO SÃO PAULO: “Minha vontade era me apresentar agora”

Novo técnico do São Paulo, Cuca deve ser apresentado nesta seegunda-feira. Mas, por recomendação médica, por causa de uma cirurgia cardíaca, só poderá iniciar o trabalho à beira do gramado em abril. Ele agradece a Vagner Mancini por assumir interinamente

Por recomendação médica, Cuca só poderá iniciar seu trabalho no campo daqui a dois meses, mas o novo técnico do São Paulo diz que já estaria colocando a mão na massa se dependesse dele.

“Minha vontade era de me apresentar agora, mas ainda não fui liberado pelo meu médico e terei de continuar com o tratamento aqui em Curitiba. Enquanto esses dois meses não chegam, estarei me preparando ainda mais para desenvolver meu trabalho”, disse ele, ao site do clube.

Cuca, que passou por uma cirurgia cardíaca em dezembro, deve dar as caras no CT da Barra Funda no início da próxima semana, já que sua apresentação aos jornalistas está prevista para esta segunda-feira. Ele também começará a observar o elenco e a trocar ideias com seus novos companheiros de trabalho, mas quem dirigirá a equipe será Vagner Mancini.

Contratado para ser coordenador de futebol, Mancini sempre disse que não treinaria o São Paulo sob hipótese alguma. Segundo o clube, foi Cuca quem sugeriu que ele ficasse à beira do campo até a sua total recuperação.

“Quero agradecer ao Mancini, porque todos sabemos que ele chegou ao São Paulo para exercer outra função, de coordenador, e ele só está assumindo o time de forma interina pelo nosso bem, especialmente pelo bem do São Paulo. Eu já tinha uma admiração grande por ele, e agora essa atitude só reforça o meu apreço. Estou muito feliz por esse desfecho e desejo ao Mancini e aos atletas toda a sorte do mundo no clássico contra o Corinthians no domingo. Estarei na torcida”, comentou Cuca.

Cuca disse ao São Paulo que estará pronto para assumir efetivamente a equipe em 15 de abril, mas já está definido que, caso o clube chegue à final do Paulistão, Vagner Mancini é quem tentará o título. Essa será a segunda passagem de Cuca pelo Morumbi. Na primeira, em 2004, ele foi semifinalista da Libertadores.

“Tenho um carinho muito grande pelo São Paulo, desde 2004. Agradeço a todos, e especialmente à diretoria são-paulina, pela compreensão e também pela decisão de esperar pela minha plena recuperação. Chegarei com toda a força para ajudar o clube a cumprir com todos os objetivos”, avisou.

O treinador retorna ao tricolor paulista exatamente 15 anos após sua primeira passagem. Cuca deixou o São Paulo com 64% de aproveitamento e um estilo de jogo diferenciado, mas não segurou a derrota contra o Coritiba, por 3 x 1, no Brasileirão daquele ano.

RENDIMENTO DE CUCA NO SÃO PAULO
Na primeira passagem pelo clube, em 2004, Cuca levou o São Paulo às semifinais da Copa Libertadores de América.

Confira seus números:
51 jogos
30 vitórias
13 derrotas
8 empates
Aproveitamento de 64%
Demissão: após derrota para o Coritiba por 3×1, no Morumbi, válida pelo Brasileirão de 2004.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *