ENTREVISTA / ARLI CARLOS DA SILVA, PRESIDENTE DA ESCOLA DE SAMBA VALE SAMBA

“A Força que nos move é o nosso Amor pela Vale Samba”

Claudia Mota e Rodrigo Leitão
jornalismo@raizesdiario.com.br

Fundada em 1979, a Vale Samba é a mais antiga das agremiações joaçabenses. Por dificuldades financeiras, cria desfiles utilizando materiais reciclados e reaproveitados de outros carnavais. Seu símbolo é a coroa, suas cores Azul e branco.
Em 2008 levou à avenida o enredo que conquistou o título após quatro anos de jejum. Foi tetracampeã consecutiva em 199920002001 e 2002, este último dividido entre Vale Samba e Unidos do Herval, devido a problemas técnicos que impossibilitaram uma disputa de igual para igual (a Aliança não participou deste Carnaval). Em 2011, levou à avenida o enredo “No espelho me inspirei, por seu reflexo me apaixonei, no compasso da Vale-Samba, você pode ser o rei”. Conquistou o título após 2 anos. No ano de 2009, a Vale Samba completou 30 anos e trouxe ao seu desfile o artista global e grande sambista Airton Graça, que deu um show de simpatia na avenida, ajudando inclusive a distribuir bandeirinhas da escola minutos antes do desfile. Foi campeã novamente em 2011 e 2012. Nos anos seguintes, a Vale Samba passou por dificuldades financeiras. No ano de 2017 optou por não desfilar devido a tragédia do falecimento do presidente Alcemir Ribeiro. A escola fez uma homenagem na avenida para o presidente e prometeu voltar em 2018 com a alegria e garra que sempre apresentou, porém em decisão da diretoria e, por unanimidade, a escola não desfilou pelo segundo ano consecutivo. Em 2019, a Vale Samba completa 40 anos e volta a desfilar, com o enredo “A Força que Nos Move”. A seguir, confira a entrevista do presidente da escola, Arli Carlos da Silva.

RAÍZES DIÁRIO – Qual foi o investimento da escola para o Carnaval 2019?
ARLI CARLOS DA SILVA – Além dos recursos recebidos da Prefeitura de Joaçaba, os recursos foram obtidos através de eventos realizados, doações de empresas na sua maioria em materiais e também podemos contar com materiais doados pela Escola Aliança e outros permutados com a Escola Unidos do Herval, além do material existente na nossa Escola que foi reaproveitado. Acreditamos que juntando tudo isso o investimento será em torno de uns 250 mil reais.

RAÍZES DIÁRIO – Quantos integrantes vão desfilar este ano e qual foi o ano com o maior número de participantes?
ARLI CARLOS DA SILVA – Pretendemos colocar na avenida em torno de 800 participantes. Em 2009, a escola levou pra avenida1800 integrantes.

RAÍZES DIÁRIO – A inspiração para o enredo foi buscada onde ou em quê?
ARLI CARLOS DA SILVA – O enredo tem muito a ver com a atual situação da nossa Escola que, apesar das dificuldades, de não estar na avenida por dois anos e através da superação, da dedicação, estamos conseguindo voltar, provando que o mundo dá voltas e que com muita dedicação e trabalho é possível vencer as dificuldades.

RAÍZES DIÁRIO – O que você achou da medida de concentrar as quatro escolas em um mesmo dia de desfile?
ARLI CARLOS DA SILVA – Acredito que seja a melhor alternativa, pois dá as mesmas condições de competitividade às Escolas e também a oportunidade ao público de assistir as quatro Escolas numa mesma noite.

RAÍZES DIÁRIO – Haverá uma grande surpresa no desfile da escola este ano, daquelas que surpreendem toda a avenida?
ARLI CARLOS DA SILVA – A nossa volta já será uma grande surpresa, pois tem muitas pessoas que não acreditavam mais nisso, mas com muito esforço e ajuda de muitos conseguiremos voltar. Estamos nos empenhando em fazer um bom desfile e esperamos que o público goste. Um dos destaques deste ano é na comissão de frente da Vale Samba que traz como coreografo o bailarino Leonardo Ficagna, ele que é uma personalidade muito querida na escola, sempre esteve compondo a comissão como bailarino, hoje é o nosso coreografo, Leonardo ou simplesmente Leo, mora em Curitiba onde cursa Dança, na faculdade de Artes do Paraná, a FAP. Entre todo seu curriculum vale enfatizar que Leonardo fez parte da seleção brasileira de hip hop, por três anos consecutivos, representando o Brasil na maior competição de danças urbanas do mundo, o Hip Hop internacional Championship, em 2016, 2017 e 2018. A Força que nos move é o nosso Amor pela Vale Samba

RAÍZES DIÁRIO – Qual sua expectativa para o Carnaval 2019?
ARLI CARLOS DA SILVA – Apesar das dificuldades que não são só da nossa Escola e sim de todas, acredito que as mesmas darão o seu máximo para fazer bonito na avenida.  A volta da Vale Samba trará uma motivação maior para todos. 3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *