Fapesc e Epagri selecionam sete bolsistas para o Observatório do Agronegócio Catarinense

Com o objetivo de estruturar e implantar o Observatório do Agronegócio Catarinense (OAC), a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) e a Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural (SAR) estão selecionando sete bolsistas, por meio de uma chamada pública. As inscrições podem ser feitas até 20 de outubro.

As vagas são destinadas a um designer gráfico, dois profissionais de ciências de dados, um especialista em requisitos, um engenheiro de dados, um gestor de processos e um gestor de projetos. O valor das bolsas que receberão mensalmente varia entre R$ 4,8 mil e R$ 7,2 mil. O valor global da chamada pública é de até R$ 921.600,00. Clique aqui e veja os detalhes das vagas.

O Programa de Apoio ao Desenvolvimento e à Estruturação do Observatório do Agronegócio Catarinense (OAC) faz parte do Programa Interinstitucional de Fomento a Projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação que atendam às demandas da sociedade catarinense por intermédio de órgãos setoriais do Governo do Estado de Santa Catarina, o Programa #Fapesc@Gov+Pesquisa&Inovação.

“Por meio do Programa #Fapesc@Gov+Pesquisa&Inovação, estamos aproximando o ecossistema de Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI) do setor público”, explicou o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen. “A estruturação e implementação do Observatório do Agronegócio Catarinense é um exemplo desta conexão. A chamada pública vai trazer profissionais qualificados para desenvolver ações de pesquisa e inovação dentro de um setor chave para o Estado de Santa Catarina.”

“Não tenho dúvidas de que o Observatório do Agronegócio Catarinense será um novo patamar informacional no setor, tornando-se ferramenta fundamental para orientar ações, políticas e estratégias dos meios público e privado”, afirmou a presidente da Epagri, Edilene Steinwandter. “Sustentado por processos intensivos em conhecimento, big data, ciência de dados e cultura digital, o Observatório vai disponibilizar à sociedade uma plataforma digital integrada, trazendo a público uma visão dinâmica do agronegócio em Santa Catarina.”

Clique aqui para acessar o edital 

Clique aqui para saber mais sobre o observatório 

(Fonte Assessoria de Imprensa da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de SC – Fapesc)