Joaçaba e seus 104 anos, por Eduardo Butzen

Foto Arquivo Pessoal

por Eduardo Butzen, diretor-geral do Instituto Federal Catarinense (IFC) – Campus Luzerna. 

Mais que um século de existência e com isso, a conquista de uma condição que é ímpar: a IMPORTÂNCIA.

Importante centro comercial da região Meio-Oeste de Santa Catarina, por conta de sua localização estratégica, próximo de grandes áreas produtoras de grãos, suínos e aves, o comércio em Joaçaba alcançou destaque regional, concentrando um polo que recebe pessoas de toda região da Associação dos Municípios do Meio-Oeste Catarinense (AMMOC).

Importante centro industrial, berço do setor metalmecânico, um dos mais importantes do estado, que foi um propulsor da economia joaçabense, sobretudo na fabricação de turbinas para hidrelétricas, entre outras áreas que se desenvolveram em função das agroindústrias e outros ramos da indústria regional.

Importante centro de formação cultural, com a Sociedade de Cultura Artística de Joaçaba e Herval d’Oeste (SCAJHO), Banda Carlos Gomes, Rogério Sganzerla, com teatro, música, cinema, carnaval e outras manifestações que proporcionaram aos cidadãos de nossa região, importantes momentos de entretenimento e celebração cultural.

Importante centro religioso, tendo em Frei Bruno a mais recente benção pro povo da região, com sua canonização e consequente inclusão de Joaçaba no mapa e no calendário do turismo religioso do país.

Importante centro médico, referência em diversas áreas da ciência, permitindo que uma população de mais de 200 mil pessoas tivesse em Joaçaba seu centro médico de referência, inclusive, atualmente tendo sido o Hospital de linha de frente ao combate da Covid-19.

Importante centro de formação educacional, com instituições de ensino públicas e privadas, transformando a vida dos cidadãos de Joaçaba e região, permitindo que nossa região obtivesse altos índices de Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), entre outros indicadores.

Foto Divulgação/IFC Luzerna

Com todos os exemplos de importância que Joaçaba tem no seu “currículo”, me aproprio deste último, para trazer até Luzerna a extensão dessa importância e inserir o Instituto Federal Catarinense nessa narrativa.

Somos uma instituição centenária no país com apenas uma década de existência na nossa região. A vinda para essa região, se deu pelos motivos já expostos no texto acima: a importância dessa cidade polo, dentro do estado de Santa Catarina. Se estamos no município de Luzerna, é só um detalhe, de pouca importância.

A missão do IFC é “Proporcionar educação profissional, atuando em Ensino, Pesquisa e Extensão, comprometida com a formação cidadã, a inclusão social, a inovação e o desenvolvimento regional”, e ela só faz sentido se contarmos com um contingente populacional capaz de promover a mudança que a região necessita.

Por esse motivo, estamos há 11 anos contribuindo com o desenvolvimento de nossa região, completamente alinhados com o Arranjo Produtivo da região que tem Joaçaba como centro, ansiosos por dar uma espiada lá em 2050, para podermos nos considerar parte do progresso, crescimento e desenvolvimento educacional e tecnológico.

Por enquanto, parabenizamos Joaçaba pelos seus 104 anos. Seguimos aqui, trabalhando arduamente, nos espelhando na trajetória do município vizinho, para que nossa história também seja conhecida pela IMPORTÂNCIA em criar caminhos para o desenvolvimento regional.