Sopelsa reconhece Fecoagro pelos 46 anos de história no cooperativismo

Foto Divulgação

A filosofia do cooperativismo baseia-se especialmente na união das pessoas visando à construção de uma sociedade mais humana e igualitária, sendo uma forma de organização pautada pela participação democrática com a valorização do ser humano, a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento. O deputado Moacir Sopelsa (MDB), que preside a Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop) na Assembleia Legislativa, apresentou moção de aplauso, pela passagem dos 46 da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado de Santa Catarina. “A Fecoagro tem uma caminhada muito bonita de trabalho e realizações. Nestes 46 anos, é preciso reconhecer o trabalho de todos aqueles que construíram esta história. Desde o seu primeiro presidente até o atual, de todos aqueles que fazem parte do grupo Fecoagro que nos orgulham muito e todas as cooperativas filadas a Fecoagro e desejar que ela possa, cada vez mais, atender as demandas dos nossos agricultores.

Sopelsa ressalta que o sistema cooperativista de Santa Catarina é referência como uma das formas mais modernas e justas de trabalho, e neste espectro emana a essência e o cerne da história da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado de Santa Catarina, braço econômico de um grupo de cooperativas agropecuárias em negócios comuns e porta-voz das reivindicações políticas e institucionais do sistema agropecuário, se constituindo na principal mobilizadora da opinião publica na difusão do cooperativismo catarinense. “A FECOAGRO em sua história tem prestado serviços de excelência, cumprindo importantíssimo papel social e de muita relevância para os nossos agricultores. Razão pela qual estamos prestando esta homenagem através da Assembleia Legislativa”.

CONHEÇA A FECOAGRO

A FECOAGRO foi fundada no dia, 25 de julho de 1975. Nestes 46 anos passou por uma série de transformações, passando por desafios que deram mais forças para o fortalecimento da sua estrutura. Em 1993 foi criada a Central de Compras Conjuntas, com o objetivo de atender as 10 cooperativas filiadas. Hoje passam pelo CD insumos que atendem as 135 lojas de supermercados da rede e outra dezena de agropecuárias que fazem parte do grupo. Foram mais de R$ 900 milhões negociados, em 2019, com economia para as cooperativas de aproximadamente R$ 23 milhões.

Em 2002, numa parceria inédita, a Fecoagro e o governo de Santa Catarina criaram a Central de Convênios. Um modelo de parceria público privado que gerencia o programa Terra Boa, movimento extraordinário que tem levado desenvolvimento para o campo através de insumos subsidiados. Foram mais de R$ 53 milhões investidos, só este ano, para atender perto de 70 mil produtores rurais. Dois anos depois, em 2004, era erguido o maior sonho das cooperativas filiadas: a indústria de fertilizantes. Através de uma intercooperação inédita, as 10 filiadas uniram forças para desenvolver esse conglomerado industrial, responsável pela produção de 350 mil toneladas de adubos por ano, 52% de todo esse volume é pra atender as cooperativas filiadas. São 12 produtos exclusivos que adubam mais de 290 mil hectares das nossas terras. Em ação inédita, em termos de cooperativismo brasileiro, área de comunicação conteúdo agrícola ao produtor e conhecimento rural ao homem da cidade; a televisão, o rádio e a internet se tornaram as ferramentas de divulgação. São quase 40 anos de rádio, outros 20 anos divulgando notícias pela internet e para completar, há 10 anos, surgiu à plataforma de televisão. Seja nos programas diários ou semanais, a proposta é mostrar as boas ações desenvolvidas pelos produtores rurais.