Coluna Pelo Estado – Estudo da Fiesc aponta problemas em mais de 1 mil km em rodovias de SC

Foto Divulgação

A economia catarinense está entre as melhores do país, sobretudo pela diversidade de sua atuação. Apesar da pandemia, a força do estado foi responsável por números positivos tanto em geração de empregos, quanto em capacidade de produção; além da potencialidade de exportações. Mesmo com tanta vocação para o sucesso, SC sofre com entraves na infraestrutura, muito por conta de descasos ao longo dos anos e incapacidade de investimentos. Um exemplo são as estradas estaduais. Um estudo da Fiesc, apresentado em reunião virtual conjunta da Câmara de Transporte e Logística, analisou a situação de 1.265 km de rodovias estaduais nas regiões Oeste, Extremo-Oeste e Contestado. No Oeste e Extremo-Oeste foram avaliadas as SCs 155, 480, 305, 160, 161, 163, 386, 283 e 154. No Contestado foram analisadas as SCs 350, 135.

O estudo, realizado pelo engenheiro Ricardo Saporiti, mostra que intervenções paliativas, como as operações tapa-buracos, não atendem às necessidades de preservação das estradas. Elas precisam de investimentos mais robustos. “Precisamos de planejamento e recursos para manutenção sob pena de perdermos esse investimento todo já feito”, disse o presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar.

O secretário de Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira, explica que há o Programa Novos Rumos, que prevê a execução de obras em muitos trechos. No entanto, lembrou que há diversas rodovias com 30 anos de pavimentação. O estudo da Fiesc destaca ainda que é necessário investir cerca de R$ 210 milhões por ano para manter a malha estadual, 1% do patrimônio rodoviário catarinense, avaliado em R$ 21 bilhões. Santa Catarina tem cerca de 6 mil km de rodovias estaduais. Para quem sonha alto, o dever é investir ainda mais.

Foto Divulgação/Secom

Sem partido

O governador Carlos Moisés deve anunciar em poucos dias a sua desfiliação do PSL, partido que o colocou no Centro Administrativo, surfando a onda 17. Mas a ideia não é firmar inscrição em outra agremiação política. Moisés ficará por ora sem partido, por conta de um objetivo bem claro: quer afastar qualquer especulação sobre candidatura à reeleição. No entendimento do governador e de assessores mais próximos, o momento é de concentrar energia no combate à pandemia e na recuperação econômica do estado. Eleição está fora da pauta.

Previdência complementar

Dentro da Reforma da Previdência, em tramitação na Alesc, o governo estadual trabalha para fortalecer o Regime de Previdência Complementar, o SCPrev. Para tanto, pretende apresentar antes de 4 de agosto, data final da votação da Reforma na Alesc, o projeto do PIM (Programa de Incentivo à Migração) do RPPS (Regime Próprio de Previdência Social) para o RPC (Regime de Previdência Complementar). Para o secretário da Casa Civil, Eron Gordani, essa proposta pode se transformar na saída para muitos problemas e o fim do aporte mensal de recursos que, ao invés de serem aplicados em investimentos, são dragados para sustentarem a previdência estadual. O projeto do PIM deve desembarcar na Alesc nos próximos dias.

ISO 9001

Em junho, a CELOS passou por auditoria de recertificação ISO 9001, realizada pela empresa certificadora Bureau Veritas, e a conclusão do processo indicou pela recomendação da recertificação da Fundação para o próximo ciclo de 3 anos. Com isso, a entidade garante que está no caminho certo em relação à prestação dos seus serviços. E, da mesma forma, assegura aos participantes, assistidos e as patrocinadoras que a qualidade faz parte da preocupação na entrega do melhor resultado.

Audiência Pública

Encerra nesta segunda-feira,12, às 18h, o prazo para inscrições de entidades representativas que desejem se manifestar durante a audiência pública, que será realizada no dia 19 de julho, às 15h, para debater a Reforma da Previdência dos servidores públicos de Santa Catarina. As inscrições podem ser feitas através do e-mail coordenadoriadascomissoes@alesc.sc.gov.br. Também ficou definido que o prazo limite para a apresentação de emendas é o dia 22 de julho.