Covid mata mais três na região, entre eles um joaçabense

Homem de 87 anos, com comorbidades, estava internado em hospital de Capinzal. Os outros dois óbitos ocorreram no Hust, um paciente de Catanduvas e outro de Ibicaré.

Com mais três mortes ocorridas na região, nesta sexta-feira, duas no Hospital Universitário Santa Terezinha (Hust) e um joaçabense de 87 anos, com comorbidades, que estava internado em hospital de Capinzal, sobe para 29 o número de óbitos decorridos da pandemia do novo coronavírus em Joaçaba e para 120, no Hust. Os dados foram divulgados no início da noite desta sexta-feira pelo hospital e pela prefeitura de Joaçaba.

A situação da Unidade de \Terapia Intensiva do Hust não melhorou esta semana e ainda é alarmante. A capacidade de internação está esgotada, com todos os dez leitos ocupados. O quadro piora quando observadas as condições da Enfermaria Covid, com 120% de sua lotação, abrigando 18 pacientes. Outras 11 vítimas de Covid-19 em estado grave, necessitando de internação, aguardam na fila do Hust por um leito na UTI. Nesta sexta-feira, 14 pessoas foram atendidas no Hospital Universitário e não houve nenhuma alta.

Quando se analisa o quadro do município de Joaçaba, cujos números não podem ser confundidos com a estatística do Hust, que atende toda a região, verifica-se uma situação um pouco mais leve. Nesta sexta-feira, o número de vítimas fatais da Covid-19 no município subiu para 29.

Treze joaçabenses estão hospitalizados com o novo coronavírus e 49 são suspeitos de terem contraído o vírus. Outros 194 pacientes testaram positivo e estão em tratamento domiciliar, enquanto 593 pessoas estão sendo monitoradas no município. Número de casos confirmados em Joaçaba desde o início da pandemia chegou a 4.125 ou 13,7% da população de Joaçaba.