“Precisamos ter esperança em Deus e acreditar na vacina”, afirma Sopelsa

Foto Divulgação

Parlamentar voltou a defender a união de todos para salvar a vida das pessoas.

O deputado Moacir Sopelsa (MDB) apresentou uma ampla reflexão na sessão desta quinta-feira (18), da Assembleia Legislativa. O parlamentar começou apresentando dados sobre a vacinação contra a Covid-19. “No início da semana o Brasil era o 19° país em termos percentuais de pessoas vacinadas por 100 habitantes. Precisamos ter fé em Deus e acreditar na vacina”, apontou.

O parlamentar lamenta o fato de não haver a quantidade ideal de doses de vacina para imunizar em massa toda a população. Dados oficiais apontam que apenas 5,35% da população brasileira recebeu a primeira dose da vacina. O percentual da população que está totalmente imunizada, com as duas doses da vacina é ainda menor, 1,35% da população. “A cada dia os hospitais estão cheios. Cada um de nós precisa fazer a sua parte, especialmente os nossos líderes maiores. Há de se lamentar os questionamentos do nosso líder maior, que faz pouco caso da doença”, disse.

Sopelsa se solidarizou com as famílias que estão sendo vítimas da doença. “Só em Concórdia, mais de 10 mil pessoas foram infectadas pelo vírus e 74 perderam a vida. É muita gente que sequer está conseguindo ver seus entes queridos depois que entram no hospital. Então, por favor! Chega de pouco caso. Chega de dizer que nós temos que enfrentar a pandemia de peito aberto. Chega de nós não termos definição de nossos líderes. A população precisa se conscientizar que a doença está matando, que é grave. Que o vírus é bandido”, desabafou.

“Está é a situação que o Brasil Chegou. Quando nós vimos, no ano passado na Itália, no começo da pandemia que era dito que se escolhiam as pessoas para serem tratadas conforme as chances de sobrevivência. Agora, estamos vendo isso dentro dos nossos hospitais”, lamentou.