Diego Bairros é eleito presidente da Câmara de Joaçaba

Por cinco votos a quatro, o vereador Diego Bairros (PL) foi eleito para a presidência da Câmara de Vereadores de Joaçaba para 2021. A eleição ocorreu no plenário da Câmara, logo após a solenidade de posse de prefeito, vice-prefeito e vereadores, realizada no Teatro Alfredo Sigwalt no final da tarde desta sexta-feira, dia 1. Duas chapas foram inscritas.

Diego foi reeleito para o segundo mandato como vereador. O novo presidente possui formação em Assistência Social e é coordenador clínico da Apae de Joaçaba. A nova mesa diretora ficou assim composta: vice-presidente: Rodrigo Pedrini (PL), 1ª secretária: Disnéia De Marco (PP) e 2ª secretária Rita Valéria Weiss (PL). Confira parte do pronunciamento feito pelo novo presidente:

“Vou pautar minha presidência pela luta constante para que a Casa Legislativa seja o lugar privilegiado do debate democrático, sem amarras nem mordaças, sem subserviência ou conivência com quem quer que seja. Estarei vigilante e agindo para que o Legislativo exerça seu papel de avaliador que lhe é conferido pela legislação. Foi-se o tempo da ditadura na qual as Câmaras Municipais eram meras coadjuvantes do Executivo. Estamos vivendo desafios em nosso tempo que exigem de nós reflexão e ação contínua. Precisamos marcar nosso mandato pela energia, pelo vigor de nossa prática de interlocução com a comunidade e com o Executivo. Precisamos inovar, mobilizar todo nosso capital político que requer, sobretudo, capacidade relacional. Aqui, senhoras e senhores, servimos à população de Joaçaba. E a população está cansada de conversa vazia. Anseia por respirar novos ares, por ouvir propostas consistentes. Vou me dedicar, junto com a mesa e com nossa equipe de assessores/funcionários a prover conhecimento de qualidade, para que respondamos com respeito às demandas do cidadão”.

Chapa 02: uma segunda chapa foi inscrita (chapa nº 02) tendo como candidatos o vereador Vilmar Zilio (presidente), Dihego Joe Müller (vice-presidente), Almir Pastori como 1ºsecretário e Alcione Marchezini como 2º secretário. Almir Pastori solicitou a impugnação ao registro da chapa 01 com o fundamento de que a mesma não atenderia os requisitos de proporcionalidade partidária. A solicitação foi indeferida pela presidente da sessão, Rita Valéria Weiss, após avaliação dos setores competentes. O vereador Pastori ressaltou que repudia os encaminhamentos feitos na condução da eleição.

(Fonte Assessoria de imprensa)