2020 foi ano de muito trabalho e projetos no Cincatarina

Foto Divulgação/Cincatarina

Cincatarina avalia positivamente o ano de trabalho.

Um ano de muitos desafios e com certeza de resultados diferenciados. Essa é a perspectiva do Consórcio Interfederativo Santa Catarina (Cincatarina), no encerramento do ano de 2020. Enquanto o mundo se convergiu para o tratamento e combate de um dos vírus mais impactantes do século 21, os governos, gestões públicas, empresas e a comunidade passaram a ter que lidar com o equilíbrio, entre viver em sociedade e se prevenir. “Esse cenário de dificuldades exigiu um novo olhar sobre as coisas e um pensar diferente, e com isso, resultados surgiram e que findam o ano com a balança tendendo positivamente”, apontou a presidente do Consórcio, Milena A. Lopes destacando que o foco do Cincatarina se concentrou na inovação e modernização na gestão pública.

A inovação se concentrou em fazer diferente e trazer algo novo. Nesse sentido, o Consórcio já começou o ano com uma proposta diferenciada: atuação eletrônica e zero papel em processos administrativos. Mais de 200 mil folhas de papel sendo poupadas. Com a chegada do Coronavírus, mais uma inovação assertiva: o Painel Covid 19, que centralizou em um único canal, informações sobre a legislação, bem como, demanda e disponibilidade de produtos atrelados ao tratamento o combate do vírus. Uma ferramenta que auxiliou gestores e empresas do segmento.

No setor da infraestrutura, o Cincatarina protagonizou um processo inédito, foi iniciado os trabalhos de recuperação do pavimento asfáltico, drenagem pluvial e sinalização viária do acesso da Rodovia SC 453 à BR 282 e Avenida Egídio Pozzobon. Um projeto que envolve a cooperação de três municípios vizinhos: Herval d‘Oeste, Joaçaba e Luzerna; realizado com recursos do Governo do Estado e gerido pelo Consórcio. O processo licitatório conduzido pelo Cincatarina resultou em uma economia de 1 milhão de reais.

Foto Divulgação/Cincatarina

Se tratando de economia, a modernização na gestão pública do Cincatarina alavancou novidades como a gestão de combustível por meio de cartão magnético, com uma taxa de administração negativa, ou seja, os municípios que aderem a esse sistema, além de contar com uma ampla rede de postos credenciados, ainda pagam o combustível o valor da bomba, menos 4.75%. Uma das melhores taxas registradas no Estado.

Foto Divulgação/Cincatarina

De forma inédita o Consórcio também finalizou em 2020 a licitação de âmbito internacional a fim de atender a uma demanda do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina; regulamentou a possibilidade de “carona” que proporciona compartilhar resultados obtidos nas licitações compartilhadas, bem como, avançou no economizômetro, indicador que aponta a economia gerada a partir desses processos. Com mais de 25 milhões economizados, a marca é 150% superior a registrada em 2019.

No que se refere a modernização na gestão pública o Cincatarina também contribuiu com o projeto de Cidades Sustentáveis e Eficiência Energética, somente nesse último quesito, com a substituição de mais de 15 mil luminárias por Led – mais eficiente, durável e econômica.

Foto Divulgação/Cincatarina

O Consórcio atualmente é formado por 115 municípios consorciados e conta com termos de cooperação técnica firmados com Associações de Municípios, como Amarp e Ammoc, bem como, com Consórcios, a exemplo do Ciga. “2020 encerra marcando os primeiros dez anos de atuação do Cincatarina e o sentimento é de dever cumprido, com uma expectativa muito positiva de poder fazer ainda muito mais e melhor para a comunidade catarinense. Juntos somos mais fortes e vamos mais longes. Um ótimo 2021 a todos!”, finalizou o diretor executivo Elói Ronnau.

(Fonte Josiane Zago, Assessoria de imprensa do Cincatarina)