Eleições Luzerna: RD entrevista Orlando Favero do MDB

RD – Quais são as três prioridades de seu governo, caso seja eleito?
Orlando Favero – Desenvolvimento Econômico com geração de emprego e renda aqui incluindo o comércio, as indústrias, os prestadores de serviço e nossa agricultura, a saúde que hoje está aquém do desejado pela população e a educação com foco na tecnologia e no ensino profissionalizante.

RD – O que o senhor pretende fazer para que Luzerna seja destaque na região?
Orlando Favero – Luzerna sempre foi destaque, desde a sua emancipação isso pelos projetos desde lá iniciados, pelo empenho da nossa população, servidores municipais e também pela nossa força de trabalho e de inovar. Alguns grandes resultados de hoje são frutos de sementes plantadas há mais de 20 anos. Porém, é preciso iniciar um processo de ampliação de melhorias em alguns setores, incluindo aqui a busca pela maior qualidade de vida da nossa comunidade e ações que tragam novas fontes de renda.

RD – Como o senhor pensa em atrair investimentos e gerar renda para o município?
Orlando Favero – Luzerna, desde 2005, na administração da ex-prefeita Maria Carlesso Doré, tem uma lei de incentivo a novas empresas. Essa lei foi sendo modificada ao longo dos anos e mais uma vez deve ser avaliada, bem como falei anteriormente é preciso trazer novas fontes de renda que gerem novas oportunidades aos luzernenses. Em nosso plano de governo consta: Ampliar área física do Condomínio Empresarial; Realizar planejamento estratégico para todo o arranjo produtivo local, transformando em um plano de ação de desenvolvimento econômico; Estimular a incubação de novas empresas junto a Incubadora Tecnológica de Luzerna (ITL); Implementar programas de transferência de tecnologia entre instituições de ensino e empresas locais; Fomentar o eco turismo com foco na geração de empregos; Promover ações que impulsionem o comércio e o artesanato local.

RD – Qual é a sua proposta para incentivar a Cultura e o Turismo?
Orlando Favero – Em nosso plano de governo esses dois pontos são extremamente importantes, a cultura pela nossa herança alemã, italiana e gaúcha e todos os grupos e entidades que se dedicam a esse setor. E ao turismo porque entendemos que Luzerna possui características importantes para trabalhar um setor novo gerando emprego e renda e fazendo com que um novo recurso financeiro circule na cidade. Confira nossas ações: Criação e Construção do Centro de Cultura; Fomentar o eco turismo com foco na geração de empregos;  Manter e reformar o Centro de Eventos dando melhor uso ao mesmo e com melhor infraestrutura para a comunidade e visitantes; Promover ações que impulsionem o artesanato local; Promover atividades culturais nas comunidades do interior e nos bairros; Oferecer oficinas extra curriculares de música, esporte, dança, empreendedorismo e sustentabilidade; Incrementar parcerias com as associações culturais e esportivas; Adequar espaços físicos para uso das entidades culturais; Prover um espaço físico para museu histórico; Incentivar a diversidade esportiva, recreativa e de lazer; Resgatar e arrolar a história de Luzerna desde os tempos do Passo da Limeira.

RD – Tem uma proposta para os esportes?
Orlando Favero – Com certeza até porque essa área merece maior atenção da administração pública. Entre as ações que elencamos estão: Manutenção e melhoria dos espaços físicos escolares; Ampliar as escolinhas esportivas aliadas a uma atividade pedagógica; Promover atividades culturais e esportivas nas comunidades do interior e nos bairros; Oferecer oficinas extra curriculares de música, esporte, dança, empreendedorismo e sustentabilidade; Incrementar parcerias com as associações esportivas; Reativar a Comissão Municipal de Esporte; Incentivar a diversidade esportiva, recreativa e de lazer; Reconstruir as quadras de futebol suíço no Centro de Eventos.

RD – Quais são as ações previstas para melhorar a mobilidade urbana?
Orlando Favero – Itens fundamentais nesse setor são: Reforma de escadarias; asfaltamento em novas vias; revitalização de calçadas e oferecer a acessibilidade; padronização da altura dos meio-fio e passeio públicos;  implantação de ciclovia; melhorar a logística com estacionamento 45º; integrar diferentes tipos de meio de transporte; alargamento e vias secundárias e do Interior.

RD – Que obras de infraestrutura estão previstas no seu plano de governo?
Orlando Favero – Nesse item consta: Construção do Centro de Cultura; Pavimentar estradas da área rural e manter as vias urbanas e rurais; Agilizar o atendimento de solicitações de serviços; Viabilizar novos espaços para atividades esportivas e recreativas e de lazer, e recuperar os já existentes; Fazer um diagnóstico do déficit habitacional no município; Realizar melhorias necessárias nos imóveis e espaços públicos.

RD – Na área da saúde, o que prevê para ampliar atendimentos, melhorar a estrutura de saúde e o atendimento de especialistas?
Orlando Favero – Essa é a minha área, por muitos anos fui secretário de saúde de Luzerna, fato que me rendeu inclusive o cargo secretário regional de saúde e é um setor hoje com inúmeros problemas dentro de Luzerna, em meu plano destaquei: Ampliar convênios para realização de procedimentos cirúrgicos eletivos e ambulatoriais; Disponibilizar maior número de especialidades médicas; Realizar atendimento humanizado; Apoiar a criação do “centro dia” para idosos; Incentivar projetos ligados a Assistência Social e CRAS; Garantir atenção à saúde do idoso; Oportunizar o uso de medicamentos fitoterápicos; Criar o programa para a mulher gestante; Agilizar consultas e exames; Articular a busca de recursos para o Hospital São Roque para viabilizar o Hospital Dia; Implementar o Programa Municipal de Medicina Preventiva, através de palestras, cursos, seminários e conferências com profissionais da saúde; Viabilizar o uso de algumas ruas para atividades recreativas nos fins de semana.

RD – Com relação à educação, o que prevê para dar mais qualidade para o setor?
Orlando Favero – A pasta da educação inclui o esporte e o lazer também. Luzerna sempre foi destaque nesse setor, mas sempre se tem o que melhorar e entre nossas ações estão: Ampliar e fomentar o uso das tecnologias específicas no processo de aprendizagem; Ampliar os programas pedagógicos com as instituições de ensino técnico; Executar as metas do Plano Municipal de Educação; Analisar o Plano de Carreira do Magistério; Revitalizar e ampliar a biblioteca pública; Manutenção e melhoria dos espaços físicos escolares; Ampliar as escolinhas esportivas aliadas a uma atividade pedagógica; Promover atividades culturais nas comunidades do interior e nos bairros; Oferecer oficinas extra curriculares de música, esporte, dança, empreendedorismo e sustentabilidade. Incrementar parcerias com as associações culturais e esportivas; Adequar espaços físicos para uso das entidades culturais; Prover um espaço físico para museu histórico; Reativar a Comissão Municipal de Esporte; Incentivar a diversidade esportiva, recreativa e de lazer; Resgatar e arrolar a história de Luzerna desde os tempos do Passo da Limeira; Reconstruir as quadras de futebol suíço no Centro de Eventos.

RD – Na segurança pública, o que pode ser feito no âmbito municipal para garantir mais segurança à população e ao comércio em geral?
Orlando Favero – Os municípios têm um papel central para o aperfeiçoamento da segurança pública. O município vai buscar convênios, com ampliação do projeto bem-te-vi, com câmeras na saída da cidade; Apoio e ampliação a Rede de Vizinhos; Cobrar do comando maior efetivo policial; Implantar o Conselho de Segurança Urbana e Prevenção à Violência Criminal; Prevenção do aliciamento de adolescentes e jovens e da afirmação de domínio territorial pelo tráfico de drogas, iluminar e monitorar possíveis locais de domínio; Prevenção ao uso de drogas; Prevenção e atendimento a vítimas de crimes de intolerância e de violência contra grupos vulneráveis.

RD – O que pretende fazer em relação à agricultura, agronegócio?
Orlando Favero – Setor que tenho como formação, sou técnico agrícola e que sei da importância para nossa cidade, mas destaco: Melhorar as estradas incluindo o alargamento das mesmas; Criar o Parque Ecológico no Centro de Eventos; Oportunizar o melhor aproveitamento dos recursos hídricos; Destinar recursos à Associação de Desenvolvimento Rural; Apoiar projetos com foco no desenvolvimento sustentável e agricultura familiar; Apoiar ações e projetos visando o desenvolvimento agropecuário; Motivar através de parcerias com entidades, a implementação de atividades no campo; Viabilizar a cobertura de internet e telefonia na área rural.

RD – Quais as ações na área da assistência social e habitação?
Orlando Favero – Promover o programa de incentivo à aquisição da casa própria do governo federal, através de ações de infraestrutura e regulamentação das novas áreas urbanas, para viabilizar à população de baixa renda o acesso à moradia adequada e regular; Ampliar o rol e o valor de benefícios eventuais da Assistência Social; Efetivar a vigilância social; Ampliar a participação dos usuários no conselho de Assistência Social; Fortalecer e intensificar a divulgação e busca ativa de público alvo; Efetivar o acompanhamento integral a família; Promover cursos profissionalizantes para o público alvo; Implementar a oferta social a adolescentes; Implantar o acolhimento-dia de idosos.

RD – A pandemia afetou todos os setores. Quais serão suas ações para minimizar os impactos?
Orlando Favero – Acredito que hoje essa questão merece um cuidado da atual gestão que tem os números, e mais os valores que foram destinados ao município. Mas tenho certeza que tendo dados em mãos e buscando compreender mais de perto a problemática estarei atuando nessa questão, sempre acompanhado de uma equipe técnica e não política porque quem vai administrar Luzerna caso a gente conquiste a vitória é Orlando Favero e sua vice Ana Cleusa Dalla Lana, sem nenhuma interferência política.

RD – Por que o Sr. quer ser prefeito? Por que o candidato acredita que será um bom governante e é a melhor opção para Luzerna?
Orlando Favero – Essa pergunta é a mais fácil. Eu quero retribuir a Luzerna e sua comunidade tudo que dela recebi. Toda a amizade, todas as oportunidades. Aqui nasceram minhas filhas, meus netos, aqui me tornei um gestor público e aqui fiz inúmeros amigos. Luzerna é a minha cidade do coração, não aquela que nasci, mas aquela que me adotou. Sou grato a Deus pelo direcionamento de me conduzir até a capital da amizade. Acredito que o que me credencia é a experiência em gestão que tenho, toda essa bagagem e a minha postura de fazer sempre mais e melhor, além de que quero ser um prefeito que vai trabalhar sete dias por semana, 24 horas por dia, de portas abertas à população, atento a todos os setores e comprometido com os valores de honestidade, respeito e postura.

PERFIL

CANDIDATO A PREFEITO
Orlando Favero, 66 anos.
Partido: MDB
Cidade natal: Tangará
Estado civil: casado com Noeli
Filhos: Nayara e Nayele
Breve currículo: Sou técnico agrícola, profissão essa que me trouxe a Luzerna – cidade que trago no coração. Aqui em Luzerna formei minha família, fiz minha carreira profissional, entrei para a vida pública – onde fui eleito vereador. Fui convidado e assumi por 16 anos a Secretaria de Saúde de Luzerna onde trabalhei 24 horas por dia – sete dias por semana em prol da nossa comunidade conquistando junto com toda a equipe prêmios de destaques estadual e nacional. Meu trabalho em Luzerna obteve destaque me levando para a cidade vizinha de Água Doce, posteriormente para a regional de saúde e mais tarde para um cargo de assessor parlamentar na Assembleia Legislativa. Com a experiência adquirida nesse caminho e ações que efetivei coloco meu nome a disposição para a partir de 1º de janeiro de 2021 estar com você luzernense no executivo municipal.

CANDIDATA A VICE-PREFEITO
Ana Cleusa Dalla Lana
Partido: MDB
Cidade natal: Luzerna
Filhos: Deyli Cristina, Neivo e Jean
Breve currículo: Cleusa é mãe de três filhos e trabalha no setor administrativo de uma das maiores empresas de Luzerna. Possui formação na área administrativa com duas pós-graduações. Ocupa vaga no legislativo municipal. Está no segundo mandato. Há mais de uma década presta serviços voluntários para o Hospital São Roque e sempre atuou em prol da melhor idade e das mulheres.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *