Coluna Pelo Estado – A covid-19 em SC

Foto Robson Valverde_SES

O número de pessoas confirmadas com a covid-19 em Santa Catarina é 13.960. O estado é o 18º em número de casos em todo Brasil. Até 15 de junho, 199 pessoas morreram por conta da doença em 69 municípios catarinenses. Chapecó, no Oeste, mantém a liderança no número de pacientes confirmados com a doença: 1102 casos.

De acordo com os dados do governo do Estado, o município de Concórdia aparece na 2ª posição em casos confirmados, com 1085 pessoas infectadas e Itajaí em 3º, com 978. Mas, segundo dados das prefeituras, é possível identificar que essas cidades perderam suas posições para Florianópolis e Blumenau respectivamente.

Chapecó se mantém em 1º no número de casos confirmados nos dois cenários. No entanto, segundo a prefeitura, já são 1246 casos. A principal variação é para Florianópolis e Blumenau. A Capital estava em 4º no ranking do Estado e sobe para o 2º na comparação entre as prefeituras, com 1135 casos. Blumenau aparecia em 5º lugar na contagem do estado e sobe para 3º, com 1134 casos.

A faixa-etária mais afetada pela covid-19 em Santa Catarina é de pessoas com 30 a 39 anos, com 3685 casos. Em seguida, as pessoas com 40 a 49 anos, com 2871 casos. Em relação aos óbitos, Joinville mantém a liderança, com 23 mortes. Itajaí vem em 2º, com 17 mortes, e Concórdia em 3º com 11.

O primeiro registro de covid-19 no estado foi em 12 de março. Agora, o Grande Oeste, com 2584 casos confirmados e a Foz do Rio Itajaí, com 2562 são as mais afetadas pelo vírus. Dos 295 municípios catarinenses, 240 registram casos de covid-19.

No balanço divulgado ontem, dia 16, o Governo de Santa Catarina confirmou 14.402 casos e 212 mortes por Covid-19.

Tempo. Em cinco dias, as famílias atingidas por um tornado em Descanso, no Extremo-oeste, já conseguiram reparar boa parte dos danos. Isso é resultado da ação rápida das equipes do governo ao lado dos moradores. Este esforço e a rapidez foram reconhecidos pelas autoridades locais.

Youtuber. Alvo da PF no inquérito que apura atos antidemocráticos em Santa Catarina, o youtuber Adilson Dini, usou recentemente as redes sociais para pedir a prisão do ministro Alexandre de Moraes. Ele comunicou a busca em sua residência nas redes sociais e teve equipamentos de gravação e transmissão, além do celular, apreendidos.

Não pegou bem. A transferência dos presos na Operação Oxigênio para alojamentos da PMSC não pegou bem dentro da corporação. Na caserna, o que se fala é que a indicação do atual comandante, Coronel Dionei Tonet, teve as mãos do ex-secretário da Casa Civil, Douglas Borba, motivo pelo qual a insatisfação da classe ainda não teria sido manifestada publicamente.

Pequenas empresas. Segundo levantamento da equipe técnica do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), cerca de 80% dos recursos emergenciais contratados durante a pandemia tiveram como destino micro e pequenas empresas. O dado é importante, uma vez que são essas empresas as que mais empregam no país. Do total já liberado ou em processo de liberação, que soma R$ 64,5 milhões, foram R$ 51,5 milhões disponibilizados sem a necessidade de garantia real, ou seja, para pequenos empresários.

Aberje. Gestor de Comunicação da SCGÁS, Leonardo Mosimann Estrella é o novo diretor do Capítulo Santa Catarina da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial. Na Aberje, vai atuar na divulgação das atividades nacionais e incentivar a participação dos associados, bem como criar e implementar um calendário de ações locais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *