Os deputados catarinenses aprovaram requerimento que pede instalação da CPI dos Respiradores. A proposta apresentada pelo Ivan Naatz (PL) ganhou adesão unânime dos 40 deputados. Uma das principais questões levantadas pelos deputados é o fato de o governo ter pago R$ 33 milhões antecipado à empresa carioca sem nenhuma previsão para a chegada dos equipamentos.

A líder do governo, deputada Paulinha (PDT) também assinou o requerimento e disse que o governo está disposto a colaborar com a investigação. “A maior das preocupações tem que ser a preservação da vida. Da forma que as denúncias chegaram, cada um de nós não poderia se furtar das nossas obrigações legislativas. Eu corroboro e subscrevo aqui também essa iniciativa”, disse a deputada.

Além do pedido de CPI, a Comissão Especial de Acompanhamento dos Gastos do Governo da Alesc também aprovou, por unanimidade, requerimento pedindo afastamento do secretário de Saúde de Santa Catarina, Helton Zeferino. A comissão é presidida pelo deputado Marcos Vieira (PSD), que aprovou o requerimento por unanimidade.

Agora, o governo catarinense vai ter explicar porque insistiu na compra e porque pagou antecipado sem garantia da entrega dos respiradores.

Fonte SC Portais