Governador de SC deve anunciar liberação de setor automotivo ainda nesta terça-feira (7)

Quarentena deve ser prorrogada, mas liberação pontual de setores deve continuar; próximos da lista são informática e armarinhos.

Em nova rodada de reunião na tarde desta terça-feira, 7, o Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina (Cofem) voltou a cobrar do governo do Estado alguma sinalização para reabertura do comércio. O grupo diz que a medida tem como principal objetivo atender os grupos de pequenos empreendedores, que são os que mais sentem os efeitos econômicos da quarentena que vigora desde o dia 18 de março.

No entanto, a sinalização mais provável é de que o governo libere o setor automotivo, que inclui concessionárias, oficinas de carros, motos e caminhões, além de lojas de peças. Na semana passada setores da construção civil e profissionais autônomos que fazem atendimentos individualizados foram liberados. Só com esses setores, a circulação de pessoas em todo o estado cresceu entre 800 mil a um milhão.

Por outro lado, o governo já antecipou que não deverá liberar por enquanto o transporte coletivo e comércio em geral, como shoppings e academias, que são atividades que teriam maior potencial de aglomeração e maior dificuldade para controle.

A liberação gradual deve prosseguir nos próximos dias e dois setores estudados para liberação seriam os estabelecimentos ligados à informática e ao comércio têxtil, como as lojas de armarinhos e congêneres.

O governo de Santa Catarina anuncia as novas decisões às 18h desta terça-feira.

Fonte SC Portais