Aliança é a campeã do Carnaval de Joaçaba 2020

“A campeã voltou. Agora é comemorar”, declarou Diehgo Joe Muller, presidente da Escola de Samba Aliança, Campeã do Carnaval de Joaçaba 2020, que conquistou o título com 238,7 pontos, com o enredo “O País do Carnaval muito antes de Cabral”. Em segundo lugar ficou a Acadêmicos do Grande Vale, com o enredo “Coragem, a vida depende de nossas escolas”, com 237,3 pontos. E a Escola de Samba Unidos do Herval, com o enredo “Balacobaco, ficou em terceiro lugar com 236,3 pontos.

A Aliança não perdeu pontos com as obrigatoriedades. Acadêmicos do Grande Vale perdeu 0,02 por ter desfilado com menos baianas que o exigido pelo regulamento, que seria 40 componentes e menos 0,04 pontos por ter estourado o tempo máximo que será de 65 minutos. A Unidos do Herval também perdeu 0,02 pontos por ter desfilado com menos de 40 baianas.

Foto Agência Novità

NA AVENIDA
A escola foi a segunda a desfilar no sábado, dia 22, com o enredo “O País do Carnaval muito antes de Cabral”. A Aliança viaja no tempo, volta ao passado para contar a história do Brasil que ninguém sabe, ninguém viu, cita a sinopse do enredo. “Há 500 anos, quando Cabral aportou na Terra de Santa Cruz, encontrou nativos, populações de língua Tupi e Jê do Sul, mas esses povos não foram os primeiros a povoar a nova terra descoberta. Muito antes deles (e ainda mais anteriores aos navegadores lusitanos), e por milhares de anos, outros povos dominavam o litoral do Brasil. Exemplos da cultura ancestral aparecem em esculturas de pedra, colares de dentes de macacos, pratos ornamentais e pontas de flecha. Queremos recuar ao ano zero”, descreva a apresentação do enredo.

“Iremos seguir uma linha cronológica que começa com a formação geológica do planeta há três bilhões de anos, passando pela separação dos continentes e por eventos comprovadamente ocorridos no Brasil, como derramamento de lavas vulcânicas, terremotos e quedas de grandes asteroides e cometas. Após mencionar dinossauros, como os de sete metros de comprimento e quatro de altura encontrados em Mato Grosso, e pterossauros com 52 dentes, uma crista óssea de um metro na cabeça e asas com quatro metros de envergadura, encontrados na chapada de Araripe, nas divisas de Ceará, Piauí e Pernambuco”, explica o documento que resume o enredo da Aliança.

Fundada em 1º de outubro de 1994, a escola verde e branco apresentou o enredo em 15 alas, quatro alegorias e um tripé e 1300 integrantes. Wladi Vieira (38 anos) e Laís Ampolini (29 anos) formam o casal de mestre-sala e porta-bandeira. O carnavalesco é Carlos Fett. Mestre Alexandre estava no comando da bateria. O símbolo da Aliança é a Pomba.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *