Comissão Julgadora do Carnaval vem de São Paulo, capital

As escolas de samba Unidos do Herval, Aliança e Acadêmicos do Grande Vale serão avaliadas nos quesitos: Alegorias; Bateria; Comissão de Frente; Enredo; Evolução; Fantasias e Adereços; Mestre-Sala e Porta-Bandeira; e Samba-Enredo no desfile deste sábado, dia 22 de fevereiro. A apuração das notas será no dia 25, às 15h, na Arena Carnafolia.

Claudia Mota
jornalista@raizesdiario.com.br

Foto Agência Novità

O desfile das escolas de samba que acontece neste sábado, dia 22, será sob os olhares atentos de 24 jurados, de São Paulo, capital. “A comissão julgadora deste ano vem de São Paulo também, mas a novidade é que vem da capital. Já estávamos com a mesma comissão há três ou quatro anos e é recomendada a troca de tempos em tempos. A escolha foi feita entre seis comissões que se inscreveram para julgar o nosso desfile. Foram se eliminando e no final ficou uma do Rio de Janeiro e esta de São Paulo que é uma escola de julgadores. As escolas escolheram a de São Paulo”, explicou Cesar Junqueira, presidente da Liga Independente das Escolas de Samba de Joaçaba e Herval d´Oeste (Liesjho). “Nova comissão traz um novo olhar para o desfile das escolas de samba.”

Kaxitu Ricardo Campos é o novo coordenador do corpo de jurados, sendo responsável pela escolha e contratação dos julgadores. Segundo Cesar Junqueira, “serão 24 julgadores – mesmo número que ano passado – distribuídos, por sorteio no dia do desfile, em três módulos compostos por oito julgadores, sendo que cada um julgará apenas um quesito em cada um destes módulos, sem eliminação de notas, por sorteio ou qualquer outro método, com exceção apenas dos casos previstos no Regulamento Específico dos Desfiles das Escolas de Samba da Liesjho”.

O módulo 1 será em frente a New Point, o módulo 2 será em frente a Farmácia São João e o módulo 3 será em frente a Loja Maria João. “Com essa distribuição as escolas serão julgadas durante todo o desfile. Não tem descanso. As escolas terão que ter atenção, concentração”, pontua o presidente da Liga. As escolas serão avaliadas em oito quesitos. São eles: Alegorias; Bateria; Comissão de Frente; Enredo; Evolução; Fantasias e Adereços; Mestre-Sala e Porta-Bandeira; e Samba-Enredo.

As escolas de samba Unidos do Herval, Aliança e Acadêmicos do Grande Vale vão trazer para a avenida, respectivamente, os enredos “Balacobaco”, “O País do Carnaval muito antes de Cabral” e “Coragem, a vida depende de nossas escolhas”. De acordo com o regulamento, cada escola terá 55 minutos, no mínimo, para atravessar os 370 metros da avenida. O tempo máximo é de uma hora e cinco minutos. O regulamento estabelece o número mínimo de 700 componentes, mas, o presidente da Liesjho, conta que geralmente as agremiações desfilam com cerca de 1200 integrantes.

Na segunda-feira, dia 24, as escolas Unidos do Herval e Acadêmicos do Grande Vale fazem novo desfile na avenida, mas desta vez não vale nota.

A campeã será conhecida na terça-feira de Carnaval, dia 25, quando acontece a apuração das notas às 15h, na Arena Carnafolia.

INGRESSOS
Os ingressos estão à venda pelo site https://ingressos.liesjho.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *