Começa hoje o Carnaval de Joaçaba

Bonde do Tigrão abre nesta sexta-feira o Carnafolia, o Carnaval de Blocos, na Arena Carnafolia, montada da Praça da Catedral. O desfile das escolas de samba acontece na noite neste sábado, dia 22, na Avenida XV de Novembro. Unidos do Herval, Aliança e Acadêmicos do Grande Vale disputam o título de Campeã do Carnaval de Joaçaba 2020.

Arena Carnafolia – Foto Agência Novità

O Carnaval de Joaçaba começa nesta sexta-feira na Arena Carnafolia, com o show nacional do Bonde do Tigrão. No sábado é dia de pagode com o Grupo da Praça. No domingo vai ter funk com Meu nome é Vaca e Panda. E fechando o Carnafolia, na segunda-feira, tem o show com Naiara Azevedo. Todas as noites tem axé com Fernanda Liz. Os shows serão das 23h às 4h e às 5h fecha a praça de alimentação.

Além de ingressos individuais na pista, os foliões podem participar do evento em um dos blocos. Este ano participam do Carnafolia os blocos: da Liesjho, Baviera, Campos 3, Los Iguanas, Pé de Cana, DNA, Oi Sumida, e terá ainda o camarote da Scherer, patrocinador do evento.

NOVIDADE

A novidade é a abertura da Praça de Alimentação na Arena Carnafolia todas as tardes de sábado a terça-feira, das 12h às 18h, com apresentações de artistas locais. No domingo, das 14h às 18h, tem o Carnaval Infantil. Na segunda-feira, das 14h às 18h, tem o Carnaval dos Idosos, com as tradicionais marchinhas de Carnaval. Na terça-feira, às 14h, acontece Concurso Desfile de Fantasias. Toda a programação no período da tarde na Arena Carnafolia é com entrada gratuita.

Desfile das Escolas de Samba – Foto Agência Novità

AVENIDA

Depois de um ano de preparação, as escolas de samba voltam para a avenida com nosso enredo para conquistar os foliões e os jurados e levar o título de Campeã do Carnaval de Joaçaba 2020.

A primeira a desfilar será a UNIDOS DO HERVAL que traz o enredo “Balacobaco”. “Vamos falar sobre o vinho. Desde a descoberta das vinhas na tumba de Turankamon no Egito, passando pós Deus Baco (Dionísio), os gladiadores, a primavera Romana. Sobre os saraus de Mari Antonieta na corte francesa, o vinha da igreja, os monges e suas catedrais. Até a chegada de Cabral, em 1500, trazendo em sua nau 60 mil litros de vinho”, explica Zezzo Henzze, carnavalesco da Unidos do Herval.

Presidida por Sérgio Giacometti, a agremiação fundada em 6 de março de 1981, contará a história do vinho com 14 alas, quatro alegorias e 800 integrantes. Wilson Nichelle e Analie Pasquali foram o casal de mestre-sala e porta-bandeira. A bateria é comandada pelo Mestre Max. As cores da Unidos do Herval são preto, amarelo, vermelho e branco. O símbolo da escola é a Águia.

A segunda escola a desfilar será a ALIANÇA com o enredo “O País do Carnaval muito antes de Cabral”.  A Aliança viaja no tempo, volta ao passado para contar a história do Brasil que ninguém sabe, ninguém viu, cita a sinopse do enredo. “Há 500 anos, quando Cabral aportou na Terra de Santa Cruz, encontrou nativos, populações de língua Tupi e Jê do Sul, mas esses povos não foram os primeiros a povoar a nova terra descoberta. Muito antes deles (e ainda mais anteriores aos navegadores lusitanos), e por milhares de anos, outros povos dominavam o litoral do Brasil. Exemplos da cultura ancestral aparecem em esculturas de pedra, colares de dentes de macacos, pratos ornamentais e pontas de flecha. Queremos recuar ao ano zero”, descreva a apresentação do enredo.

“Iremos seguir uma linha cronológica que começa com a formação geológica do planeta há três bilhões de anos, passando pela separação dos continentes e por eventos comprovadamente ocorridos no Brasil, como derramamento de lavas vulcânicas, terremotos e quedas de grandes asteroides e cometas. Após mencionar dinossauros, como os de sete metros de comprimento e quatro de altura encontrados em Mato Grosso, e pterossauros com 52 dentes, uma crista óssea de um metro na cabeça e asas com quatro metros de envergadura, encontrados na chapada de Araripe, nas divisas de Ceará, Piauí e Pernambuco”, explica o documento que resume o enredo da Aliança.

Fundada em 1º de outubro de 1994, a escola verde e branco apresentará o enredo em 15 alas, quatro alegorias e um tripé e 1300 integrantes. Wladi Vieira (38 anos) e Laís Ampolini (29 anos) formam o casal de mestre-sala e porta-bandeira. O presidente é Dihego Joe Muller e o carnavalesco é Carlos Fett. Mestre Alexandre está no comando da bateria. O símbolo da Aliança é a Pomba.

A ACADÊMICOS DO GRANDE VALE, atual campeã, fecha a noite de desfiles com o enredo “Coragem, a vida depende de nossas escolhas”. “Nosso enredo lembra de atos de coragem que fizeram e ainda fazem o homem saltar em direção a um futuro melhor. É também uma espécie de homenagem às inúmeras pessoas que na vida tiveram coragem, e foram elas as responsáveis por mudanças de comportamento, rupturas de culturas, quebras de paradigmas e desenvolvimento de novos hábitos e pensamentos. Muitas ultrapassaram barreiras sociais e antropológicas de uma época, lutaram contra poderes e culturas, arriscaram-se, e até perderam suas vidas, para romper dogmas, preconceitos, políticas antiquadas, formas de administrar atrasadas, desrespeitosas e até cruéis.

Estes heróis e heroínas de verdade se tornaram imortais através de seus atos, projetos, comportamentos, descobertas, ações e lutas, deixando legados e lições importantes através da história, exemplos que nos inspiram e fortalecem nossa coragem para construir e viver num mundo melhor”, explica a sinopse do enredo. O enredo tem como espinha dorsal, nosso canto pedindo respeito, nosso clamor pelo fim da intolerância buscando uma importante reflexão: Onde moram a intolerância e o preconceito?

Jorge Zamoner é o presidente e carnavalesco da agremiação fundada em 2012. A caçula na avenida contará a história de coragem com 17 alas, quatro carros alegóricos e um tripé, e 1200 componentes. Júlio Alberguini e Fernanda Zamoner formam o casal de mestre-sala e porta-bandeira. A escola trará outros dois casais e um casal mirim de mestre-sala e porta-bandeira. Isaias Alves é o Mestre de Bateria que contará com a participação de 25 alunos do projeto Batucação, da Secretaria de Assistência Social do município de Pato Branco, no Paraná. Está será a segunda participação das crianças e adolescentes do Batucação na avenida. Vermelho e Branco são as cores da Acadêmicos do Grande Vale. O símbolo da escola é a Águia.

APURAÇÃO
A apuração das notas será na terça-feira, dia 25, às 15h, na Arena Carnafolia.

INGRESSOS
Os ingressos para o desfile das escolas de samba, para o Camarote da Liesjho e para a pista no Carnafolia estão à venda pelo site www.liesjho.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *