Permita-se demitir clientes

Por Valdenir Menegat (Nico), da Contassesc

Você deve demitir um cliente quando ele esgota sua energia, tira sua paz, nunca está satisfeito e a relação é de servidão. Não importa o quanto você se esforce, ele nunca está satisfeito, reclama do seu serviço, do seu preço, dos seus colaboradores, reclama de tudo.

Mais adiante vai desqualificar a sua empresa, vai distorcer a verdade em seu favor, vai confundir aquilo que foi combinado e deixar você com raiva. Se você acha que o cliente sempre tem razão, é melhor ter cuidado.

Por mais que você se esforce, ele não ficará satisfeito e ainda vai falar mal de você para outras pessoas do seu círculo de amizades. Mesmo assim, ele fica na sua empresa enchendo o saco e infernizando a vida de todo mundo.

O que fazer então?

Demita-o, como dizem os profissionais de RH, disponibilize-o para o mercado, permita que ele vá experimentar o seu concorrente. Quando você demite um cliente assim, está ajudando sua empresa, pois ele irá infernizar a vida do seu concorrente.

Quando você demite um cliente assim, estará abrindo espaço para alguém bom ocupar seu lugar, terá mais tempo para atender melhor aqueles que são clientes fiéis, parceiros. Fortaleça as relações com esses e elimine aqueles sugadores de vida. Seus colaboradores irão gostar, o clima organizacional melhora muito e todos ganham.

Pense nisso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *