Toyota Etios Sedã ganha Kit GNV certificado na linha 2020

Foto Divulgação

Sistema de Gás Veicular Natural terá garantia de qualidade Toyota em parceria com a Landirenzo, que atua na produção de kits há 65 anos

Quem precisa rodar com carros movidos a gás natural pode fazer isso com mais segurança. A Toyota anunciou que o Etios Sedã 2020 passa a ser vendido com o Kit GNV certificado pela marca. O objetivo da Toyota é aumentar o valor de revenda e a economia de combustível para os carros desse segmento.
O Etios Sedã GNV nasce de uma parceria entre a Toyota e a Landirenzo, empresa italiana que atua há 65 anos na produção de kits GNV para o setor automotivo. Haverá duas opções de entrega do modelo equipado com o kit de gás natural.

Na primeira opção, o cliente retira o carro na concessionária e leva até uma das oficinas autorizadas da Landirenzo e definidas pela Toyota para a instalação do kit. A instalação pode ser feita até 30 dias após a compra ou com menos de 5.000 km rodados. Na segunda, o proprietário retira o Etios Sedã já com o dispositivo instalado numa revenda Toyota. Nesse caso, pagará o frete de plataforma entre a concessionária e a oficina.

O kit GNV certificado pela Toyota é o de quinta geração da Landirenzo. Ele tem 11 componentes que proporcionam o perfeito funcionamento do veículo: Injetores, Suporte de cilindro, Chave comutadora, Dois cilindros de 7,5m³, Central eletrônica, Manômetro, Sensor de temperatura de água, Redutor de pressão, Válvula de abastecimento, Filtro de gás, e Sensor GNV.
O Kit GNV possui garantia de três anos ou 100.000 km e custa R$ 5.360, podendo variar de acordo com o valor de instalação do kit na oficina autorizada. A instalação já está liberada para concessionárias dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Em março de 2020, estreiam as concessionárias das região Nordeste e Sul. A partir de junho, o Kit GNV poderá ser instalado em todo o Brasil.

O Toyota Etios Sedã é vendido nas versões X e X Plus, com motor 1.5 de 107 cv (etanol). O câmbio pode ser manual de seis marchas ou automático de quatro velocidades. As versões também possuem direção eletroassistida progressiva.

Fonte Guia do Carro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *