Jimny Sierra chega em novembro repaginado

Suzuki confirma a chegada do do seu suv compacto para novembro, em três versões, todas com novo conjunto mecânico e sistema de tração 4×4 AllGrip Pro, que garante a diversão. Vai custar a partir de R$ 90 mil.

Aqueles que gostam do contato com a natureza e procuram realizá-lo fazendo trilhas nos momentos de folga sabem que alguns modelos 4×4 se destacam pela valentia, pois encaram qualquer parada. Na opinião de muitos, o Suzuki Jimny entra fácil nesta lista dos que são “pau para toda obra”, apesar de suas dimensões reduzidas. Para atender os apreciadores da marca, a Suzuki anunciou que no mês que vem iniciará as vendas do Jimny Sierra, que chegará totalmente renovado, em três versões de acabamento e com as opções de câmbio manual e automático.

Trata-se da quarta geração do SUV compacto, que foi apresentado no Brasil no Salão do Automóvel de São Paulo do ano passado. Importado do Japão, o novo modelo conviverá com a atual geração do Jimny, que é produzida na fábrica da Suzuki Veículos em Catalão (GO) e passará a ser vendido como opção de entrada. O novo Jimny Sierra será vendido nas versões 4YOU manual ou automática, e a topo de linha 4STYLE, também automática.

ROBUSTEZ
O conjunto mecânico foi totalmente reformulado. O jipinho é equipado com motor 1.5 aspirado, que desenvolve 108cv e 14,1kgfm de torque, que pode ser associado ao câmbio manual de cinco marchas ou automático de quatro velocidades. Todas as versões contam com tração 4×4 AllGrip Pro, com reduzida e função LSD, que facilita a transposição de obstáculos e deixa o jipinho ainda mais valente no fora de estrada. Para isso traz ainda controle de estabilidade (ESP), assistente de partida em rampas (Hill Hold) e assistente de descida (Hill Descent), que garantem a robustez no off-road.

A Suzuki destaca que o Jimny Sierra tem alguns detalhes que visam facilitar o dia a dia de quem usa o carro na cidade ou no campo. As portas, por exemplo, abrem em três estágios e com ângulo de 70 graus. O para-brisa e a coluna frontal estão em uma posição mais vertical, enquanto o capô é plano, evitando reflexos que possam atrapalhar a dirigibilidade e otimizando a visibilidade. Os para-lamas ganharam molduras mais largas, que contam com textura anti-risco, assim como os para-choques. Os vidros laterais são verticais para evitar acúmulo de lama ou água, e o teto traz calhas, que permitem a instalação de racks nas extremidades.

POR DENTRO
O interior tem acabamento simples e prático, facilitando a limpeza depois das aventuras no fora de estrada. Mas traz também sistema multimídia com tela de sete polegadas, com a conectividade por Apple CarPlay e AndroidAuto, além de ar-condicionado digital automático. Os comandos estão posicionados bem à mão do motorista e o painel de instrumentos foi projetado para ser facilmente visualizado em ambientes com muita luminosidade ou com sombra. O banco traseiro é bipartido e pode ser reclinado para ampliar a área de carga. A Suzuki não divulgou os preços do Jimny Sierra ainda, mas estima-se que deverão partir de R$ 90 mil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *