Prefeitura investiu R$ 42,7 milhões em infraestrutura desde 2017

Quase 11 quilômetros em 34 ruas foram pavimentados. Atendimento beneficiou dez bairros e o centro de Joaçaba, com custo inferior a R$ 10 milhões. Orçamento também alcançou melhorias no trânsito, infraestrutura, esgoto e saneamento básico. Valores gastos em três anos correspondem a menos da metade do orçamento de um ano do município

Claudia Mota e Rodrigo Leitão
jornalismo@raizesdiario.com.br

Relatório de Informações da Infraestrutura de Joaçaba, divulgado pela Secretaria de Infraestrutura, aponta que o município gastou, em três anos, menos da metade do Orçamento anual total com obras de infraestrutura, saneamento básico, pavimentação, contratações de trabalhadores e melhorias no trânsito. “Isso é de recursos próprios, com algumas emendas parlamentares e convênios”, anunciou o prefeito Dioclésio Ragnini.

Os gastos, por ano, também não ultrapassaram o montante arrecadado pelo município entre 2017 e 2019. No Exercício de 2017, foram usados R$ 8.049.540,70 de recursos próprios. O investimento subiu para R$ 17.867.713,93 em 2018. Este ano, os gastos ficaram em R$ 16.830.633,80. Em nenhum dos períodos, o financiamento de obras atingiu mais que 20% dos recursos médios anuais arrecadados para custear as contas de Joaçaba, em torno de R$ 95 milhões anuais, na média dos últimos três anos. No total, o município aplicou R$ 42.747.888,43 em obras, contratação de pessoal e serviços.

De acordo com os dados da Infraestrutura municipal, o gasto em pavimentação foi de R$ 8.547.547,69 e a quantidade de quilômetros pavimentados, 10.694,37 metros ou cerca de 10,7 km. A recomendação orçamentária, de acordo com o Relatório de Informações da Infraestrutura de Joaçaba é de que o dinheiro fosse usado com manutenção e pavimentação de vias públicas; em esgoto sanitário na área urbana do Município; na obra do Ginásio de Esportes do Bairro Santa Tereza; na conclusão da obra Parque Municipal Ivan Oreste Bonato; na manutenção do trânsito; em reparação de vias públicas e na aquisição de máquinas e veículos para a frota municipal.

Para frota municipal, foram investidos R$ 1.288.195,56 em máquinas, serviços e veículos, entre os quais três Colhedoras de forragem (R$ 70.500,00), Implantação de sistema de rastreamento veicular (GPS) em toda a frota do Município (R$ 28.801,56); uma Motoniveladora adquirida através do Ministério da Agricultura e Pecuária, no valor de R$ 568 mil e um Rolo compactador, no valor de R$ 344 mil. Além disso, a Secretaria informou que faz constante manutenção e conserto de buracos nas vias do Município, poda de árvores, coleta de galhos, roçada, manutenção do Parque Municipal, dos Cemitérios e da Rodoviária.

CONFIRA AS RUAS PAVIMENTADAS

Bairro Alvorada
– Rua Celso Ramos, Rua Laurindo da Luz e Rua Waldomiro de Marco. Valor: R$ 616.483,21. Extensão: 510,86 metros

Centro
– Travessa Frei Bruno. Valor: R$ 36.749,82. Extensão: 38,44 metros
– Parte da Rua Felipe Schmidt. Valor: R$ 247.850,79. Extensão: 450,44 metros
– Rua Norino Rótulo. Valor: R$ 80.258,24. Extensão: 170,70 metros
– Travessa Rudolf Lindner. Valor: R$ 510.289,42. Extensão: 124,64 metros
– Travessa Corino de Dea. Valor: R$ 66.927,25. Extensão: 148,93 metros

Bairro Santa Tereza
– Parte da Rua Minas Gerais. Valor: R$ 258.117,95. Extensão: 345,46 metros
– Rua Luiz Zampieri. Valor: R$ 333.756,62. Extensão: 791,74 metros
– Rua Sigmundo Wesolowski. Valor: R$ 245.986,99. Extensão: 531,84 metros
– Parte da Rua Pedro Kunz. Valor: R$ 191.082,54. Extensão: 341,94 metros
– Rua Ester Vendrame. Valor: R$ 122.707,48. Extensão: 160,50 metros
– Parte da Rua Minas Gerais. Valor: R$ 158.005,45. Extensão: 409,09 metros
– Parte da Rua Amazonas, Parte da Rua Pará, Parte da Rua Goiás e Rua José Bissani. Valor: R$ 347.798,69. Extensão: 487,18 metros

Bairro Flor da Serra
– Parte da Rua Celso Brás de Carli. Valor: R$ 204.433,66. Extensão: 279,43 metros
– Rua Frederico Meyer. Valor: R$ 315.814,57. Extensão: 733,43 metros
– Parte da Rua Domingos Zanini. Valor: R$ 85.488,19. Extensão: 111,99 metros
– Parte da Rua Celso Brás de Carli. Valor: R$ 200.166,83. Extensão: 338,45 metros
– Rua Edwino Weiss. Valor: R$ 248.180,07. Extensão: 327,90 metros
– Rua Severino Remor. Valor: R$ 50.125,15. Extensão: 63,00 metros
– Parte da Rua Marcelino Ramos. Valor: R$ 68.602,99. Extensão: 65,07 metros

Bairro Frei Bruno
– Parte da Rua Urbano Barcela. Valor: R$ 135.817,05. Extensão: 188,36 metros
– Parte da Rua Urbano Barcela. Valor: R$ 651.898,47. Extensão: 451,50 metros

Bairro Monte Belo
– Parte da Rua Augusto Arbugeri .Valor: 423.503,28. Extensão: 452,80 metros
– Parte da Rua Augusto Arbugeri e Parte da Rua Cruz e Souza. Valor: R$ 137.887,73. Extensão: 274,19 metros
– Parte da Rua Aparício Lemos, Parte da Rua Augusto Arbugeri, Rua José Junqueira de Carvalho e Travessa Egeu Fernando Lenzi. Valor: R$ 318.161,70. Extensão: 336,79 metros

Bairro Cruzeiro do Sul
– Rua Olívia Scarpetta Zago. Valor: R$ 203.846,99 (convênio) e R$ 73.997,88 (Recurso Próprio). Extensão: 230,00 metros
– Rua Otávio M. Bittencourt e Rua Luiz Specht. Valor: R$ 495.186,98. Extensão: 722,53 metros

Bairro Nossa Senhora de Lourdes
– Rua Étori Pedrini. Valor: R$ 249.484,07. Extensão: 235,38 metros
– Rua Honorato Tesser. Valor: R$ 381.125,68. Extensão: 310,17 metros
– Rua Albino Sganzerla. Valor: R$ 210.939,56. Extensão: 205,18 metros
– Rua Avenida Liberdade. Valor: R$ 356.560,37. Extensão: 380,00 metros

Bairro Vila Pedrini
– Rua Antônio Zagonel. Valor: R$ 43.746,00. Extensão: 67,09 metros

Bairro Jardim Lindóia
– Rua Itália Loraski. Valor: R$ 129.866,49. Extensão: 100,09 metros

Bairro Vila Remor
Rua Ondina Sganzerla. Valor: R$ 346.699,53. Extensão: 138,56 metros

Fonte: Prefeitura de Joaçaba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *