Sesc divulga a agenda de julho

De 1º a 28 – Exposição “Carlos Vergara viajante: experiências de São Miguel das Missões”, das 9h às 19h, no Sesc – Gratuito
Vergara viaja para pintar, buscando no deslumbramento do ver pela primeira vez a força motriz da sua poética visual. A viagem desnaturaliza o olhar, tira dele a força do hábito e das convenções. Daí surge a intensidade. O deslumbramento requer intensidade para que o sobressalto, típico do susto admirado diante do novo e do outro, não se torne algo exótico, nem se faça excessivo ao se transpor em obra.
A experiência de São Miguel é um momento decisivo daquele “ir em busca” na obra de Vergara. Vários tempos e espaços se encontram e se multiplicam aí. Da história pessoal à cultural, passando pela revisitação de modos de vida soterrados e esquecidos e chegando à própria potência da arte em abrir perspectivas de compreensão que não se encaixam no saber científico e objetivo.

Dia 1º – 14h, no Sesc, Gratuito
Filme: Puaj! De Veit Helmer. Alemanha, 2014. 82 min. A partir dos 4 anos.
Sinopse: Bollerville é um povoado tranquilo na Europa, um lugar tão comum que se transformou em uma amostra perfeita para realizar estudos de mercado. Para isso, os idosos são internados em asilos a fim de manter baixo o índice de idade média de seus habitantes. Mas as crianças se negam a serem cobaias e decidem agir: se rebelam contra seus pais porque não suportam a comida que a fábrica de alimentos instalada na cidade quer que eles consumam. Com a ajuda dos avós, elas começam a estabelecer um novo registro na cidade que obriga as autoridades a reconhecer que seus habitantes não são “normais”. O resultado é o caos total!

Dia 2 – 14h, no Sesc, Gratuito
Filme: O galo de São Victor. De Pierre Greco. Canadá, 2014. 80 min. A partir dos 6 anos.
Sinopse: O prefeito de São Victor está orgulhoso com a ordem e o dinamismo econômico de sua aldeia. Atribui esse vigoroso êxito a seu valente mascote; um pontual e barulhento galo que desperta a todos às quatro da manhã com precisão, todos os dias da semana, seja dia útil, sábado, domingo ou feriado. Mas alguns aldeões já não suportam mais o cantar do galo na madrugada e decidem pôr um preço por sua cabeça. Ao destituir o estridente galo, a vila sofre imediatamente consequências negativas. Alertados pelo repentino desastre econômico e social, um grupo de locais forma um esquadrão especial para recuperar a ave.

Dia 3 – 9h, no Sesc, Gratuito
Filme: A história da cabra. De Jan Tománek. República Tcheca, 2012. 83 min. A partir dos 4 anos.
Sinopse: Continuação do filme de animação mais bem-sucedido de todos os tempos na República Tcheca, Goat Story- Old Prague Legendes (História de cabra – Lendas antigas de Praga). As crianças Zuzanka e Honzik, junto com Goat (cabra), procuram seus pais, que aparentemente foram sequestrados pelo demônio para castigá-los por produzir um queijo de cabra diabolicamente gostoso. As crianças os encontram presos no castelo onde Kobyl, o conselheiro do rei, os obriga a fabricar queijo. Bobyl ganhou a benção do rei graças a “seu” queijo, enrolando-se em uma perigosa e pegajosa aventura.

Dia 3 – 14h, no Sesc, Gratuito
Filme: Wickie e o tesouro dos deuses . De Christian Ditter. Alemanha, 2011. 96 min. A partir dos 6 anos.
Sinopse: Quando Wickie se transformará em um viking de verdade de uma vez por todas? Essa pergunta tira o sono de seu pai, Halvar. Mas quando Sven, o Terrível, sequestra o chefe da aldeia Flake, Wickie tem sua grande oportunidade. Como chefe interino, comanda um grupo de corajosos vikings até chegar no castelo de Sven, onde Halvar está encarcerado. Mas a tarefa mais difícil ainda está por vir: atravessar oceanos, praias tropicais e perigosas planícies geladas na busca do legendário tesouro dos deuses antes que Sven o alcance. Wickie guarda alguns truques na manga para evitar que Sven encontre o tesouro primeiro.

Dia 4 – 9h, no Sesc, Gratuito
Filme: O índio. De Ineke Houtman. Holanda, 2009. 76 min. A partir dos 9 anos.
Sinopse: Koos, um menino de quase 8 anos, quer se parecer com o pai, um imponente e típico holandês e isso não é nada fácil, porque Koos foi adotado no Peru, é baixinho e tem a pele morena. Um dia ele vê um menino peruano, que toca uma música estranha em frente ao supermercado, e descobre que é de origem indígena. Também fica sabendo que logo terá um irmãozinho. A partir de então Koos questiona sua família e tenta ser um verdadeiro índio

Dia 4 – 14h, no Sesc, Gratuito
Filme: Habanastation. De Ián Padrón. Cuba. 2011. 80 min. A partir dos 9 anos.
Sinopse: Longe de sua casa no bairro nobre de Miramar, um menino participa do desfile de 1º de Maio e, ao perder-se de sua turma, acaba por acidente em um bairro da periferia chamado La Tinta, onde vive seu colega de classe Carlos. Até então Carlos não fazia parte do seu círculo de amigos. Esse encontro resulta em novas experiências e em uma nova amizade. Uma história que revela a diversidade da realidade cubana atual, por intermédio do cotidiano desses dois garotos.

Dia 5 – 9h, no Sesc, Gratuito
Fimfarum: a terceira é a melhor. De Kristina Dufkova, Vlasta Pospisilova, Davi Sukup. República Tcheca, 2011. 70 min. A partir dos 11 anos.
Sinopse: Trata-se de três histórias curtas:
O chapéu com pena de ave: Ninguém consegue voltar à juventude, nem sequer por um momento, como faz o Rei. O modesto Jack é o único que entende seu pai, o Rei, e quer ajudá-lo. Ele triunfa sobre seus irmãos autoritários e realiza o maior desejo do Rei. Um conto de fadas sobre velhice e a nostalgia da juventude perdida.
Razão e sorte: “Razão e sorte” leva em conta o dilema: podemos viver sem motivo ou sem sorte? Uma história em que razão e sorte competem, ainda que ao final tenham de combinar seus esforços para prevalecer sobre a loucura e a desgraça.
Como morreram os ogros das montanhas: Uma equipe de três cineastas parte em uma expedição nas montanhas Sumava para ver se é verdade que os ogros ainda vivem ali. A pergunta é: O que encontrarão?

Dia 5 – 19h30, no Sesc, Gratuito
Sessão de curtas-metragens 1. Indicado para crianças a partir de 4 anos
Ormine (De Rob Silvestri. Canadá, 2010, 3min)
Rodas, band-aids e pirulitos (De María Medel. Espanha, 2010, 8min)
Kostya (De Anton Dyakov. Russia, 2012, 5min44)
Lumi (De Martin Piana. Argentina, 2009, 3min)
A aula de natação (De Danny de Vent. Bélgica/Países Baixos, 2008, 9min10)
Corrida (De Jãnis Cimermanis. Letônia, 2012, 7 min)
Grande prêmio (De Marc Riba, Anna Solanas. Espanha, 2011, 8 min)
O Príncipe Rato (De Albert Radl. Alemanha, 2011, 14min30)

Dia 5 – 20h30, no Sesc, Gratuito
Sessão de curtas-metragens 2. Indicado para crianças a partir de 9 anos.
O irmão mais velho (De Jesús Ernesto Pérez del Barco, Elisabeth Huttermann. Suíça-Alemanha, 2011, 6min)
Meu Monstro e eu (De Claudia Rothlin. Suíça, 2008, 3min21)
O relógio de areia (De Pierre Schwarz. França, 2009, 1min23)
A Campainha (De Dustin Rees. Suíça, 2007, 3min51)
Sou redondo (De Mario Adamson. Suécia, 2011, 13min30)
Sinfonia monstruosa (De Kiana Naghshineh. Alemanha, 2012, 4min)
O caçador de frangos (De Pascale Hecquet. Bélgica,  2011, 6min)
Rising hope (De Milen Vitanov. Alemanha, 2012, 10min)
Lágrimas de um palhaço (De Claudio Sá. Portugal, 2011, 6min)
Sinalizador (De Adrian Fluckiger. Suíça, 2008, 4min51)
Tarde ou cedo (De Jadwiga Kowalska. Suíça, 2008, 5min)

Dia 9 – 19h30, no Sesc, Gratuito
Sesc Lab – Oficina de Técnica de Corrida
A proposta é promover uma oficina de ensino-aprendizagem da corrida, condicionamento físico para modalidade (fortalecimento e flexibilidade) e/ou orientação sobre técnica de corrida e incentivo a prática para corrida de rua e na esteira. Público-alvo: Trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo; dependentes e público em geral.

Dia 18 – 20h, no Teatro Alfredo Sigwalt, Gratuito
Espetáculo “Coro dos Maus Alunos”
O espetáculo é baseado no texto do dramaturgo português Tiago Rodrigues (2008) e tem como tema a escola, refletindo sobre as relações de poder e as tensões inerentes ao ambiente escolar que envolve professorxs, alunxs, diretorxs, pais e mães em um complexo jogo de relações humanas e institucionais. Trabalhando aspectos de encenação como a coralidade, a musicalidade e o trabalho sobre objetos tipicamente “escolares”, a encenação pretende dialogar com o universo adolescente na escola, retratando estes maus alunos com a complexidade latente que o tema “escola” evoca nos tempos atuais.
Fruto de uma disciplina regular do curso de Licenciatura em Teatro da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) intitulada “Montagem Teatral”. Após cada apresentação, o grupo sempre convida o público a dialogar sobre a temática da escola, respondendo questões pertinentes, abrindo espaço para trocar experiências, vivências e também ouvindo as histórias que o público tem sobre essa realidade.

Dia 23 – 8h, no Sesc, Gratuito
Sesc Lab – Oficina de Slime   
Atividade recreativa em que os participantes aprenderão a produzir Slime (ou amoeba) a partir de uma receita inovadora, com itens diferenciados.

Dia 26 – das 7h às 10h, no Sesc, Gratuito
Sesc Saúde. Tem como objetivo a promoção da saúde por meio de ações educativas e da realização de serviços de saúde como: testes/exames de colesterol, triglicerídeos e glicemia, aferição da pressão arterial, medidas antropométricas (peso, altura, cálculo do IMC), teste de acuidade visual, massoterapia, degustações orientadas de receitas saudáveis, entre outros. Consulte o cronograma e os serviços disponíveis na sua cidade.

Dia 30 – 8h, no Teatro Alfredo Sigwalt, Gratuito
Diálogos Urgentes, Detox SP
Um filme sobre um novo olhar a respeito da nossa relação com as águas. O que as águas e os rios dizem sobre nós? DETOX SP sugere uma mudança em nós e consequentemente em nossos rios e nossas cidades.
Com o objetivo de fomentar a reflexão e o debate através do cinema, o Sesc Santa Catarina realiza toda última terça-feira do mês o projeto “Diálogos Urgentes”, com sessões comentadas de filmes contemporâneos. O projeto propõe discutir temas atuais e pertinentes, de modo a gerar uma reflexão conjunta, contribuir para a construção de práticas colaborativas, e favorecer o diálogo entre a sociedade, grupos, estudantes, coletivos e demais agentes sociais.

Mais informações pelo telefone 3521-2379.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *