Palestra: nesta sexta-feira, jovem autista conta como vive em sociedade

Claudia Mota
jornalismo@raizesdiario.com.br

Foto Reprodução Rede Social

O jovem autista Nicolas Brito Sales, 20 anos, de São Paulo (SP), estará em Joaçaba nesta sexta-feira, dia 14 de junho, para falar sobre suas experiências, o que pensa e como vive em sociedade. Situações que ele trata no livro “Tudo o que eu posso ser”, lançado em 2017, que também é o tema da palestra que acontece às 19h30, no Auditório Afonso Dresch, no Unoesc Joaçaba. A entrada custa um quilo de alimento não perecível, mas não é obrigatório. O evento é uma promoção da Associação Família Autismo (AFA) Meio-Oeste.

O cartaz de divulgação da palestra diz que “Nicolas nasceu com autismo, ficou anos sem falar, não conseguia expressar sentimentos e não interagia. Hoje ele ministra palestras pelo Brasil, é fotógrafo premiado e compartilha suas vitórias com muita alegria e carisma, cativando a todos por onde passa”.

Fotógrafo, palestrante e escritor. Desde 2011, juntamente com sua mãe, Nicolas percorre o país para palestrar sobre como é ser autista e estar inserido na sociedade. Em Joaçaba, ele estará acompanhado dos pais, Anita Brito e Alexsander Sales.

Nicolas Sales lembra que “somos seres humanos únicos, e isso serve para qualquer um”. Ele ressalta que “incentivar seu filho é uma coisa força-lo a fazer o que você quer, é outra!”. E aconselha “Incentive a pessoa com autismo aos poucos, vendo o que faz bem e o que faz mal a ela. Autista é gente e merece ser respeitado em sua individualidade. Todo ser humano é único!”. Clique aqui e leia mais sobre a história de Nicolas Brito Sales.

QUEM É NICOLAS BRITO SALES
Fotógrafo, palestrante e escritor. Desde 2011, juntamente com sua mãe, Nicolas percorre vários lugares para dar palestras sobre como é ser autista e estar inserido na sociedade. Em janeiro de 2016, Nicolas deu início, como freelancer, em seus trabalhos de fotógrafo, profissão que ele pretende seguir. Em 2014, foi coautor do livro “TEA e inclusão escolar – um sonho mais que possível”. Em 2017, Nicolas lançou seu próprio livro, “Tudo o que eu posso ser”, no qual conta suas experiências, o que pensa e como vive em sociedade. Foi premiado como melhor fotógrafo no ArtBrazil 2017, em Fort Lauderdale, na Flórida.

SOBRE A AFA MEIO-OESTE
As mães de autistas Cassia Piccoli, Patrícia Neis, Lisiane Vieira e Solange Jordão e a psicopedagoga Marilzete Fernandes Ribeiro são voluntárias e organizadoras da Associação Família Autismo (AFA) Meio-Oeste.

A entidade está em processo de criação, mas já atua na promoção de ações para divulgar o autismo em Joaçaba e região. Ao todo, a AFA Meio-Oeste já conta com o envolvimento de 80 participantes, entre mães de autista e profissionais.

A primeira ação aconteceu no dia 2 de abril, Dia Mundial da Conscientização do Autismo. “Depois de algumas reuniões, de lá pra cá, o grupo resolveu criar uma Associação para poder trazer recursos e serviços para a comunidade da microrregião para auxiliar as crianças autistas que precisam de um tratamento específico”, explicou Cassia Piccoli.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *