Ingredientes funcionais típicos do outono

Rodrigo Leitão
jornalismo@raizesdiario.com.br

Estamos numa estação de clima fresco e tendendo ao seco, então é ideal para comer pratos com condimentos, caldos temperados, frutas secas grãos. Ou seja, é uma época boa para pratos aromáticos, peixes com ervas, grãos com pimentas, frutas e plantas funcionais. Um prato característico dessa época do ano seriam os caldos mais condimentados, caldo verde, caldo de lentilha, molhos de tomate com manjericão, saladas com sálvia, aipo, feijão com louro, temperos como cominho, gengibre, coentro, páprica. Peixes com molhos aromáticos. Um filé ao molho de páprica picante (foto acima) tem tudo a ver com essa época do ano, com esse clima refrescante à noite, com os dias mais secos. Até porque o condimento provoca suor e o clima mais seco impede que você coma e sinta mal depois, por causa do suor excessivo.

TOMATE
O tomate também é anticancerígeno, age na próstata. Uma pesquisa italiana, da Universidade de Milão, feita em 2002, revelou que um tomate grande por dia, durante 5 anos, reduz em 50% o risco de câncer de próstata. E aí pode ser suco de tomate, molho de tomate, não só o tomate fruta.

AÇAFRÃO
Esses ingredientes são ricos em minerais, vitaminas e vão aumentar a quantidade dessas substâncias no nosso organismo. Por exemplo, nunca é demais usar açafrão, que é rico em vitamina E. Ela faz bem para as células, rejuvenesce, é um dos antioxidantes mais festejados pelos esteticistas. A vitamina E defende a célula e por causa disso também é anticancerígena. Além do açafrão, você encontra grandes concentrações de vitamina E no louro, manjericão, manjerona, mostarda branca, orégano, papoula e na pimenta.

ALECRIM
Outros ingredientes típicos do outono são o alho e o alecrim. O alho é rico em Vitamina B6, que ajuda no metabolismo, atua no fígado e é preventiva de problemas gerados pelo alcoolismo. Quem bebe muito deve procurar comer mais alho, cebola, estragão, gengibre, manjericão, orégano… Já o alecrim é rico em vitamina A, que também é muito presente no cravo-da-índia, hortelã, raiz forte. A vitamina A protege a pele, a retina e os órgãos reprodutivos. E para mulher grávida é ótima, porque estimula a lactação. Isso sem falar nas vias respiratórias, na proteção da tireóide. Ou seja, a vitamina A é essencial.

VEGETAIS VERDES
Comer uma pequena porção dessas substâncias, diariamente, previne muita coisa. Então comece no outono e não pare mais. Inclua esses ingredientes na sua dieta que só vai fazer bem, desde que consumidos moderadamente. Alguns deles, eu como todos os dias: cebola, alho, tomate, azeite, gergelin, linhaça, algum tipo de pimenta digerível, ou pimentão ou pimenta biquinho, ou verde, ou malagueta, o amarela. Pelo menos uma vez por semana, como açafrão, manjericão, sálvia, aipo ou alho poró ou salsão, que surtem o mesmo efeito. Isso sem falar nos vegetais verdes escuros ricos em ferro e, todos, anticancerígenos, principalmente para pulmão no homem e colo de útero na mulher.

 

Para harmonizar use vinhos bem aromáticos

Pratos aromáticos pedem vinhos muito aromáticos. Então, as saladas e peixes dessa linha de ingredientes, com muitas especiarias, eu acompanharia com Torrontés, Riesling ou Gewurztraminer. E os pratos com carnes vermelhas ou frango com molhos picantes, com páprica e pimentas eu acompanharia com Malbec, Shiraz e, no caso do frango, Tempranillo. Um Gewurztraminer que tomei há algum tempo e que achei muito interessante (mas acima do meu padrão de preço, custa R$ 150) é o Gewürztraminer Dopff au Moulin Reserve 2006. Esse vinho é produzido na Alsácia francesa, tem 13,5% de álcool e deve ser servido a, no máximo 11 graus (mínimo de 9). É um vinho extremamente aromático, remete a flores e lichia e combina com pratos condimentados da nossa culinária nordestina. Também acompanha bem os peixes de carne branca com condimentos e comidas tpo thai e asiáticas de forma geral. Camarão com pimenta branca e sálvia é uma ótima combinação para esse vinho, além dos queijos azuis. Esses vinhos que citei custam, em média, entre R$ 26 e R$ 150. (RL)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *