Ministério Público e população são contra Carnablocos em Herval d’Oeste

 
Enquete revela que maioria da população não quer o evento na cidade. Pergunta feita pelo vereador João Marqueze em sua página na rede social criou a polêmica que está movimentando a opinião política no município

Claudia Mota e Rodrigo Leitão
jornalismo@raizesdiario.com.br

Polêmica acesa em Herval d’Oeste! A população está movimentando as redes sociais questionando a validade da realização do Carnablocos, a versão local do Carnafolia, que tem apoio da Prefeitura, mas não agrada os moradores. “Eu até seria a favor, se fosse desfile das escolas de samba. Mas esse Carnablocos é uma baderna total e como é que fica a praça no outro dia? Mal cheiro, porque fazem necessidades em qualquer lugar. Como ficam as famílias que levam suas crianças na praça e os idosos que ali fazem suas atividades físicas? Isso não é cultura!”, reclama o internauta Gilmar da Silva em comentário no poste do vereador João Marqueze, que perguntou o que a população pensa sobre o evento.

A polêmica começou depois que o vereador João Marqueze informou em sua rede social que o Ministério Público solicita várias informações a Prefeitura referente ao Carnablocos. Então veio a pergunta: “Você é a favor ou contra a realização?” Procurada pela reportagem, a promotoria informou que “o Ministério Público está com um procedimento em andamento e é desfavorável ao evento por não haver interesse público”.

Muitos internautas alegam que o evento não levará dividendos a Herval d’Oeste. “Creio que esse não é o momento para tal. O lucro não vai ficar quase nada por aqui”, disse Liceia Salvi. Questionando o argumento de que trata-se de uma festa popular, Vania Brandalize pergunta: “Carnaval, festa popular… quanto se paga pra entrar num bloco? R$ 600,00…R$ 800,00?” Juliano Zampieri vai mais longe. Ele alega que “Carnaval na nossa região é um monopólio. Donos de blocos enchem a conta bancária durante essa época”. O internauta também diz questiona o “valorzinho absurdo para entrar nesses blocos”. Outra que é contrária é Salete Lopes. Ela disse que não apoia Carnaval em nenhum lugar. “Muito menos nas ruas”.

João Marqueze explicou em uma das resposta publicadas no poste que fez a enquete porque “preciso ouvir o que o cidadão hervalense pensa.”

Silvia J Palavecini diz que queriam tirar os blocos de Joaçaba. “Foi citado que gera turismo. Renda… mas, convenhamos que Herval nem rede hoteleira tem, então toda essa baderna e máquina de dinheiro volta pra Joaçaba. Vai entender!”

A FAVOR
Os comentários favoráveis são poucos. A internauta Bianca Ribeiro, que se diz a favor, afirma que “concorda que o município precisa e necessita de eventos para arrecadar. Promover eventos com muita segurança e fiscalização e, claro, para que uma festa popular não saia do seu propósito”.

“Pelo menos vai vir gente famosos aqui em Herval, dupla sertaneja Henrique e Diego. Tava na hora já de ter alguma coisa pra se divertir por que aqui. É uma cidade muito parada”, defende Gilmar Alves de Oliveira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *