Marcas famosas apostam em veículos híbridos para conquistar amantes de carros

 
Sistema permite que veículos mantenham conforto e potência dos motores

Com a tendência da Europa extinguir os carros de motorização a diesel, as grandes marcas começam a inserir em seus portfólios modelos com motorização híbrida, que permite o motorista manter o alto padrão de conforto e potência. No salão do automóvel de Paris foram apresentados alguns destaques híbridos como o  Lexus RC 300h, Honda CR-V, Toyota Corolla e RAV4.

A nova geração do Corolla estrou no Salão de Paris. Com motorização eletrifica 2.0, ou “full hybrid”, é a combinação do antigo motor com a tecnologia híbrida. Na parte interna, o modelo esbanja conforto, tanto para o condutor, quanto para os passageiros, através de um espaçamento amplo entre os bancos, além de um porta-malas de 598 litros. A Toyota quer mostrar que, além da potência e tecnologia, o novo Corolla é ideal para quem não abre mão do conforto.

O coupé desportivo chega a Paris renovado, após quatro anos de seu lançamento, o modelo recebeu um restyling. Estando disponível em versão eletrificada RC 300h, com motorização de tecnologia híbrida, chamada “Self-charging Hybrid”, e na parte interna a tecnologia predominou, possibilitando controle de climatização e de áudio. Apesar das mudanças, a Lexus manteve aparência refinada e elegante mas aprimorou a aerodinâmica e sistema de suspensão ajustados.


O RAV4 será o SUV da Toyota que fará companhia ao Prius, no quesito carros híbridos. Recentemente, o modelo já consagrado da marca ganhou motorização híbrida, o RAV4 têm 145 cv  e 27,6 kgfm de torque máximo, atingido de 0 a 100km/h em 8,3 segundos, podendo esticar até 180km/h de velocidade máxima.


A promessa da Honda é implantar o sistema híbrido através do CR-V para que, em 2019, o modelo domine o cenário europeu que antes era tomado pelos veículos à diesel. O SUV híbrido é equipado com dois motores elétricos ligados a um propulsor 2.0 a gasolina, com potência de 184 cv e 32,1 kgfm de força. O carro sustentável conta com o sistema Multi-Mode Drive (i-MMD), que permite a alteração entre os três modos de condução, tendo o EV Drive, é quando o sistema consome energia da baterias de lítio para alimentar o motor de propulsionar as rodas, com o motor a gasolina desativado. Já o modo Hybrid Drive, o motor a gasolina tem uma maior participação nesse modo de pilotagem. O terceiro modo é uma opção para o perímetro urbano e que fica no meio termo entre o EV Drive e Hybrid Drive.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *