IFC Luzerna é pioneiro na realização de testes de hélices aeronáuticas

Projeto desenvolvido no campus, em parceria com a Anac e a ICA, inclui ainda a elaboração de normas brasileiras para os testes de hélices de passo fixo.

Projetos desenvolvidos na região Meio Oeste de Santa Catarina evidenciam o potencial do estado em projetos aeronáuticos. Em Luzerna, servidores e estudantes do Instituto Federal Catarinense (IFC) trabalham atualmente no projeto “Procedimentos de desenvolvimento e testes de hélices aeronáuticas de passo fixo”, que consiste no desenvolvimento de hélices para avião de pequeno porte, em termos de melhorias aerodinâmicas e estruturais das hélices, utilizando tecido fibra de vidro, realizado em parceria com a empresa Indústria Catarinense Aeroespacial (ICA), de Joaçaba.

De acordo com professor Ivo Rodrigues Montanha Junior, coordenador do curso de Engenharia Mecânica no IFC Luzerna, os sócios da ICA procuraram o IFC, em 2016, para formalizar uma parceria entre as instituições na execução do projeto, porque a empresa ICA está desenvolvendo um avião de pequeno porte, para duas pessoas, na categoria VLA (Very Light Aircraft) e Experimental (sem homologação da Anac). “A partir da experiência com manuseio de materiais compostos de fibra, sobretudo fibra de carbono, na construção da aeronave, eles passaram a projetar hélices aeronáuticas de alta eficiência, em fibra, pois grande parte do mercado de hélices destas aeronaves de pequeno porte é atendido por empresas norteamericanas, com hélices de madeira e de média eficiência. Então, passaram a fazer hélices, e procuraram o IFC Campus Luzerna para auxiliar”, esclarece.

“Esta iniciativa tornou a ICA como a única produtora brasileira de hélices de alto desempenho em materiais compostos, o que exigiu a elaboração e realização de testes de hélices aqui no Brasil. Como estes testes estão sendo feitos aqui no campus, tornamo-nos pioneiros na realização dos mesmos”, explica o professor.

Uma outra etapa do projeto está em desenvolvimento em conjunto com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). “Como não existiam normas brasileiras para testar hélices, e nem produtores de hélices, a equipe de projeto do IFC Campus Luzerna está elaborando, em conjunto com a Anac, as normas brasileiras para os testes de hélices aeronáuticas, com base nas normas norteamericanas da Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA), o que é uma enorme honra, dada a importância estratégica que a aviação tem no mercado mundial. E isto evidencia que nós dos Institutos Federais temos condições técnicas de realizar projetos de ponta junto às empresas”, destaca Montanha.

Além do professor, participam do projeto os estudantes Alessandra Barcaro e Eduardo Dalmolin, e os servidores Luciano Freitas e Mario Wolfart Junior.

REPRESENTAÇÃO NACIONAL
No início de agosto, a equipe da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC) convidou o professor Ivo Montanha para expor o projeto no estande do MEC, durante o evento nacional ConectaIF, em Brasília. Projeto do IFC foi o único representante da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, na categoria de inovação tecnológica, no estande da Setec/MEC.

SOBRE O IFC
Instituto Federal Catarinense – IFC – possui atualmente 15 campi, distribuídos nas cidades de Abelardo Luz, Araquari, Blumenau, Brusque, Camboriú, Concórdia, Fraiburgo, Ibirama, Luzerna, Rio do Sul, Santa Rosa do Sul, São Bento do Sul, São Francisco do Sul, Sombrio e Videira, além da Reitoria instalada em Blumenau.

Estão abertas as inscrições para o Exame de Classificação 2019 do IFC para cursos gratuitos de Ensino Médio Técnico em todas as 15 cidades. As inscrições seguem até 11 de setembro pelo Portal de Ingresso do IFC, em www.ingresso.ifc.edu.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *