Projeto Idoso Amigo inicia atividades em Luzerna

Já está em prática o projeto Idoso Amigo. Iniciado na última quarta-feira (1º) o projeto complementa o Serviço de Proteção Social Básica no Domicilio para idosos e pessoas com deficiência. Coordenado pelo Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) junto ao Conselho Municipal do Idoso e Diretoria de Assistência Social do município, tem por objetivo oportunizar convívio comunitário aos idosos em situação de isolamento social.Conforme a assistente social Joviane Colombelli, as visitas são realizadas por um grupo de 13 idosos voluntários que passaram por uma capacitação. “Com apoio da equipe do CRAS, realizam visitas aos idosos com a principal finalidade de estimular a convivência com um público da mesma faixa etária, e desta forma possibilitar a troca de experiências e estabelecendo uma vinculação diferenciada”, explica.

Foto Divulgação

Com quase 15% da população nessa faixa etária, Luzerna lançou o projeto Idoso Amigo em 15 de junho, dia mundial de conscientização da violência contra a pessoa idosa. Na oportunidade foi realizado um pedágio consciente com a participação de idosos dos grupos tradicionais, conselheiros de direitos dos idosos e usuários do CRAS, com a entrega de adesivos e fôlderes para motoristas e pedestres que circulavam pela Avenida 16 de Fevereiro, bem como as pessoas foram orientadas sobre a importância de cuidar e proteger os idosos.

Foto Divulgação

Como funciona o projeto? A equipe técnica do CRAS capacitou o grupo para realizar atividades no domicílio dos idosos que estão em acompanhamento; cada dupla de idosos amigos visita mensalmente três idosos e tem todo o suporte e acompanhamento dos profissionais do CRAS; são realizados encontros de avaliação, trocas de experiências e informações com os idosos amigos.

Dados: o município de Luzerna possui 5.705 habitantes (com base nas estimativas de dados de 2017 do IBGE) e, em virtude do aspecto populacional o censo nos mostra que há 809 idosos de 60 a 99 anos, representando 14,18% da população.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *