Veja quem são os candidatos ao governo de SC

Foto Reprodução NSC TV

ÂNGELO CASTRO (PCO)Ângelo Henrique da Silva Castro foi escolhido como candidato do PCO ao governo de Santa Catarina nas eleições 2018. A decisão foi por unanimidade na conferência do partido, realizada em 2 de agosto, em Blumenau, Vale do Itajaí. O candidato é natural de Brasília (DF), tem 47 anos e formação em Pedagogia pela Universidade Nacional de Brasília (UNB). Há 30 anos trabalha na Dataprev. É a primeira vez que concorre ao governo do estado.

CARLOS MOISÉS DA SILVA (PSL) – O PSL confirmou o nome de Carlos Moisés da Silva como candidato ao governo de Santa Catarina em convenção partidária em 4 de agosto, em Florianópolis. Silva tem 50 anos e é natural da capital catarinense. Formado em Direito pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), disputa pela primeira vez a eleição. Em 1990 concluiu o curso de Formação de Oficiais da Academia da Polícia Militar e passou a atuar no Corpo de Bombeiros. Trabalhou nas cidades de Florianópolis, Criciúma e Tubarão, sendo que a maior parte do período como comandante de quartel. Trabalhou como coordenador regional da Defesa Civil e desde 2016 é bombeiro da reserva.

DÉCIO LIMA (PT) – O PT confirmou o nome de Décio Lima como candidato ao governo de Santa Catarina em convenção partidária em 5 de agosto, em Blumenau, no Vale do Itajaí. Professor e advogado, Décio Lima é natural da região do Vale do Itajaí. Defensor dos direitos dos trabalhadores, foi líder estudantil desde os 13 anos de idade. Na Universidade do Vale do Itajaí (Univali), no curso de Ciências Sociais, foi eleito presidente do Diretório Acadêmico de Filosofia. Na faculdade de Direito na universidade presidiu o Diretório Acadêmico de Direito. Em 1985, foi eleito presidente da União Catarinense dos Estudantes. Em Blumenau, foi vereador e prefeito por dois mandatos. Como gestor do Porto de Itajaí, modernizou e ampliou a capacidade do terminal. Deputado federal por três mandatos, foi o parlamentar que trabalhou pelas obras como a duplicação da BR-407, a ampliação dos institutos federais e os novos campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). É casado com a deputada estadual Ana Paula Lima.

GELSON MERISIO (PSD) – O PSD confirmou o nome de Gelson Merisio como candidato ao governo de Santa Catarina em convenção partidária em 21 de julho, em Florianópolis. Atual presidente estadual do PSD, Gelson Merisio foi eleito por três vezes deputado estadual e uma vez assumiu como suplente (2005). Em 2010 assumiu pela primeira vez a presidência da Assembleia Legislativa de Santa Catarina até 2011, e esteve à frente da Alesc por outras duas gestões, entre 2012 e 2013, e 2015 até 2016. Formado em Administração de Empresas, Gelson Merisio presidiu a Federação das Associações Comerciais e Industriais de Santa Catarina (Facisc) por dois mandatos consecutivos, foi vice-presidente da Confederação das Associações Comerciais do Brasil (CACB), comandou a direção financeira da Casan e presidiu o Conselho Deliberativo do Sebrae/SC. É a primeira vez que concorre ao cargo de governador de SC. Merisio lidera uma aliança formada pelos partidos PSD, PP, PSB, PDT, PRB, PROS, PSC, Solidariedade, Podemos, PRP e PHS.

INGRID ASSIS (PSTU) – O PSTU confirmou o nome de Ingrid Assis como candidata ao governo de Santa Catarina em convenção partidária em 22 de julho, em Florianópolis. Formada em Ciências Biológicas, atua como professora e dirigente sindical do Sinte São José, na Grande Florianópolis. Ingrid tem 30 anos, é amazonense e mora em Santa Catarina há 12 anos. De origem indígena, Ingrid é a primeira mulher a se candidatar ao governo do estado nessas eleições. Como candidato a vice-governador foi definido Ederson da Silva, e ao senado será Ricardo Lautert.

LEONEL CAMASÃO (PSOL) – O PSOL confirmou o nome de Leonel Camasão como candidato ao governo de Santa Catarina em convenção do partido em 4 de agosto em Florianópolis. Camasão já militou em movimentos estudantis, no Movimento Passe Livre e em uma associação LGBT. Camasão entrou no partido há dez anos. Ele é mestre em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina e dirigente do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina. Tem 31 anos, é casado e pai de dois filhos. Atualmente, é presidente do PSOL de Florianópolis.

MAURO MARIANI (MDB) – O MDB confirmou o nome de Mauro Mariani como candidato ao governo de Santa Catarina em convenção do partido em 4 de agosto em Florianópolis. Mariani está no terceiro mandato de deputado federal. Ele também foi prefeito de Rio Negrinho em 1996 e foi reeleito em 2000. Também foi deputado estadual. É presidente do Diretório Estadual do MDB desde 2015. Ele é formado em gestão pública e é empresário. Casado e pai de cinco filhos, Mariani, que tem 54 anos, também foi secretário de Estado da Infraestrutura em três oportunidades, no governo de Luiz Henrique da Silveira.

ROGÉRIO PORTANOVA (REDE) – O partido Rede definiu o nome de Rogério Portanova como candidato ao governo de Santa Catarina em convenção partidária em 20 de julho, em Florianópolis. O professor Rogério Portanova é coordenador de Gestão Ambiental da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desde 2016. Em 1985, ajudou a fundar o Partido Verde no Brasil e presidiu a legenda em Santa Catarina. Atuou como presidente da Fundação de Amparo Tecnológico ao Meio Ambiente de Santa Catarina (Fatma) entre 2004 e 2005, foi presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa Científica e Tecnológica de Santa Catarina (Fapesc) em 2005 e 2006 e ainda exerceu por seis anos o cargo de conselheiro federal da OAB-SC, em Florianópolis. Portanova é mestre em Direito pela UFSC, doutor em Ciência Política pela Universidade Paris VIII, na França, e pós-doutor em Direito do Ambiente pela Universidade Lusíada de Lisboa.

Fonte G1/SC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *