Ponto de Encontro, Adão Jair Florencio

A CONTINUAÇÃO

Ontem fora a semente;
o início, talvez de
uma série de alegrias.
Ontem tu foras um sonho;
hoje a realidade.
Ontem tu foras o protótipo,
hoje tu és o precursor.
Ontem tu foras o vácuo,
hoje tu és o ar.
Ontem tu foras o nascente,
hoje nascente e poente se confundem.
Ontem tu foras eu e ela,
hoje tu és unigênito.
Ontem eu o vira
em sonhos,
hoje o vejo ao vivo.
Ontem tu foras minha dúvida,
hoje és a confirmação.
Ontem foras a semente,
hoje quase a reprodução.
Ontem eu fora você,
hoje eu e você somos um.
Amanhã eu não mais serei.
hoje você és e serás
minha continuação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *