PRATA DA CASA: Seleção de Tite foi construída na base

Neymar, Coutinho e mais 16 da lista de Tite passaram por seleções de base. Ao todo, 18 dos 23 convocados para a Copa do Mundo passaram por seleções de base, sendo que 16 disputaram mundiais ou no sub-17 ou no sub-20

Os nomes da lista final de Tite deixam claro a importância de se monitorar jogadores desde cedo, e os números são claros: dos 23, 18 tiveram alguma passagem por seleções de base. As exceções são os zagueiros Miranda, Geromel e Thiago Silva, o volante Paulinho e o atacante Taison. O número é maior do que o de 2014, quando apenas 11 jogadores haviam passado por seleções sub-17, sub-20 ou sub-21. Confira o histórico de cada um em seleções de base.

GOLEIROS
Alisson – Disputou o Mundial Sub-17 de 2009, quando o Brasil foi eliminado na primeira fase. Falhou, mas se reergueu e construiu bela carreira, se destacando no Torneio de Toulon em 2013.
Ederson – Saiu do Brasil aos 15 anos para o Benfica, mas ainda assim foi visto quando jogava nos profissionais do Rio Ave e convocado por Alexandre Gallo para o Torneio de Toulon em 2014 com a seleção sub-21. Foi campeão.
Cássio – Foi muito bem no Sul-Americano Sub-20 de 2007, em que o Brasil ficou com o título, e disputou também o Mundial da categoria, em que o Brasil foi eliminado pela Espanha nas oitavas de final.

LATERAIS
Danilo –
Foi campeão mundial sub-20 de 2011 em um Mundial no qual alternou boas e más partidas, o que é normal. Teve problemas enfrentando o então desconhecido Mohamed Salah no empate por 1 a 1 com o Egito.
Fagner – Disputou o Sul-Americano Sub-20 de 2007, mas não foi ao Mundial.
Marcelo – Foi vice-campeão mundial sub-17 em 2005, perdendo a decisão para o México. E disputou o Mundial Sub-20 em 2007, já depois de ter estreado pela seleção principal em 2006.
Filipe Luís – Disputou o Mundial Sub-20 de 2005, como lateral-esquerdo. O Brasil foi à semifinal e perdeu para a Argentina de Messi.

ZAGUEIROS
Marquinhos – Disputou como capitão o Mundial Sub-17 de 2011, em que o Brasil caiu na semifinal para o Uruguai, mas não foi liberado pelo Roma para o Sul-Americano Sub-20 de 2013.

VOLANTES
Fernandinho –
Fez o gol do título do Mundial Sub-20 de 2003 na final contra a Espanha, que tinha Iniesta como principal jogador e Fernando Torres no ataque.
Casemiro – Foi campeão mundial sub-20 em 2011 como titular na seleção de Ney Franco. Atuou até como líbero em alguns momentos. Disputou também o Mundial Sub-17 de 2009.
Fred – Jogou o Sul-Americano Sub-20 de 2013, quando a seleção brasileira foi eliminada ainda na primeira fase. É o único remanescente do vexame a ir ao Mundial.
Renato Augusto – Foi vice-campeão mundial sub-17 em 2005 e disputou o Mundial Sub-20 em 2007, quando já era titular do Flamengo.

MEIAS
Willian –
Disputou o Mundial Sub-20 de 2007, quando já era titular dos profissionais do Corinthians.
Philippe Coutinho – Disputou o Mundial Sub-20 de 2009 com o Brasil e não passou da primeira fase. Em 2011 foi campeão ao lado de Casemiro. Fez gols importantes, como nas quartas de final contra a Espanha.

ATACANTES
Neymar –
Disputou o Mundial Sub-17 em 2009 e foi campeão sul-americano sub-20 em 2011, com direito a goleada por 6 a 0 sobre o Uruguai no jogo final. Não jogou o Mundial Sub-20 porque já fazia parte da Seleção principal que disputou a Copa América de 2011.
Gabriel Jesus – Disputou o Mundial Sub-20 de 2015 e foi vice-campeão, perdendo a final para a Sérvia com o Brasil.
Roberto Firmino – Chegou a ser convocado para o Mundial Sub-20 de 2011, mas não foi liberado pelo Hoffenheim, clube que defendia.
Douglas Costa – Foi vice-campeão mundial sub-20 em 2009. Era reserva na equipe, mas sempre entrava bem nos jogos, normalmente substituindo Paulo Henrique Ganso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *