Governo cancela mudança na CNH

O Ministério das Cidades publicou, nesta segunda-feira, no Diário Oficial da União a revogação da resolução que tornaria obrigatória a realização de um curso de dois dias para a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Por meio de nota, a pasta informou que a revogação se dará para “não afetar a rotina dos condutores que precisam renovar suas carteiras de habilitação/CNHs por todo o Brasil”.

O ministério informa ainda que a revogação vai reduzir custos para os governos, os quais teriam que ser repassados para os condutores, encarecendo o processo. A resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) estabelecia que, a partir de 6 de junho deste ano, os condutores que fossem renovar a carteira de motorista teriam que passar por um curso teórico para atualização de seus conhecimentos.

O curso de reciclagem seria composto por dez aulas e, para que os motoristas renovassem a documentação, deveriam obter um resultado favorável de, pelo menos, 70% da prova. O objetivo do Contran com as mudanças era “tornar os motoristas mais preparados para lidar com as situações de risco enquanto dirigem”.

A deliberação do Contran foi publicada na semana passada e despertou uma série de reações e a articulação de parlamentares com a intenção de alterar a resolução. Os condutores, agora, deverão continuar se submetendo aos exames de aptidão física e mental, que já são obrigatórios.

“Esclarecemos que a medida é tomada com todo respeito ao trabalho da Câmara Temática de Educação, Habilitação e Formação de Condutores, ao trabalho realizado pelo Contran e todos os profissionais envolvidos. Neste sentido, informa-se que os técnicos do Denatran, do Ministério das Cidades, seguirão na busca de alcançar o objetivo de promover a cada vez mais a segurança dos usuários de trânsito, mas sempre com absoluto foco na simplificação da vida dos brasileiros e na constante busca pela redução de custos”, disse a nota.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *